Bebê morre em decorrência de dengue hemorrágica

Lívia Pique Farias de Araújo, de quatro meses, é a oitava vítima da doença no estado do Rio de Janeiro

iG Rio de Janeiro |

A bebê Lívia Pique Farias de Araújo, de quatro meses, morreu na noite do último sábado (19), no hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, em decorrência de dengue hemorrágica. O corpo de Lívia foi enterrado na manhã deste domingo, no cemitério do Caju.

Ela é a oitava vítima da doença este ano no estado. A bebê apresentou febre alta na última terça-feira,  quando foi levada ao hospital e desde então estava internada.

De janeiro até 12 de março de 2011, foram contabilizados 20.150 casos de dengue no estado. A capital, segundo dados da secretaria estadual de Saúde, registrou 6.976 vítimas. Ainda segundo a secretaria, os municípios  de Bom Jesus de Itabapoana, Cantagalo, Santo Antonio de Pádua e Magé enfrentam epidemia da doença.

Funcionamento dos Postos Municipais

Na cidade do Rio de Janeiro, os horários de funcionamento dos postos foram estendidos.  Os postos de saúde passam a abrir das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira, e também aos sábados e domingos, das 8h às 20h.

A medida foi tomada pela secretária municipal de Saúde e Defesa Civil que aponta o crescimento da doença na cidade. 

    Leia tudo sobre: denguecombate ao mosquitoepidemia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG