Bandidos voltam a atacar veículos no Rio

PM informou que sete carros, seis ônibus, duas motos e um caminhão pegaram fogo

Anderson Ramos e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

A Polícia Militar informou que 16 veículos foram incendiados na manhã desta quinta-feira (25) na Região Metropolitana do Rio de Janeiro até as 12h. De acordo com a assessoria de imprensa, sete carros, seis ônibus, duas motos e um caminhão pegaram fogo. A corporação não soube apontar todos os locais dos ataques, mas deve divulgar um balanço mais detalhado às 16h.  

Duas motos, um carro e um caminhão foram queimados na avenida Brasil, na pista sentido Centro, na altura da Fazenda Botafogo, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio). Os motoristas estão usando apenas uma faixa de rolamento da via, já que só as motos foram retiradas do local.

Na rua Caxambu, em Rocha Miranda, por volta das 8h, outro coletivo foi incendiado próximo da estação de metrô de Irajá. Bombeiros foram acionados para conter as chamas de um veículo na rua Guiraréia, também em Rocha Miranda, mas encontraram apenas pneus em chamas no local.

Em um dos acessos ao Morro da Mineira, no Centro da cidade, um ônibus foi incendiado por bandidos, mas não há informações da hora em que aconteceu. Próximo dali, na rua do Bispo, no Rio Comprido, outro ônibus foi atacado.

Agência O Globo
Bandidos queimaram um ônibus no Rio Comprido, zona norte da cidade, na manhã desta quinta-feira (25)

Por volta das 8h20, na estrada Vicente de Carvalho, na Vila da Penha, zona norte da capital fluminense, um coletivo foi incendiado. Bombeiros conseguiram apagar as chamas, mas o veículo ficou totalmente destruído. Não há informações de feridos.

No município de São Gonçalo, na Região Metropolitana, um ônibus foi queimado às 9h10 na estrada de Santa Isabel, próximo da área conhecida como Barreira. Segundo a polícia, cerca de dez homens armados obrigaram os passageiros a descerem.

No início da tarde, também em São Gonçalo, outro ônibus e uma moto foram incendiadas na rua Comandante Ari Parreiras, Porto Velho, de acordo com o batalhão da área. O caso foi registradoo na 73ª DP.

Uma van foi incendiada na Avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz. Um homem foi preso enchendo galões com gasolina em um posto na Barra da Tijuca. Ele foi levado para a 16ª DP (Barra). Os galões seria levados para a Rocinha.

Na Estrada do Camboatá, em Costa Barros, zona norte, um ônibus foi incendiado. Já na Tijuca, dois ônibus foram incendiados na Rua José Higino. Segundo bombeiros, um passageiros ficou ferido.

Bombeiros do Quartel de Guadalupe acabam de controlar um incêndio em um ônibus na Estrada João Paulo, em Guadalupe e não houve feridos.

JADSON MARQUES/AE
Batalhão de Operações Especias faz incursão na Vila Cruzeiro com pelo menos dez viaturas

Cerca de 170 homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), com apoio dos fuzileiros navais, fazem uma operação na manhã desta quinta-feira na favela da Vila Cruzeiro, na Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. Criminosos incendiaram um carro na subida do Viaduto Lobo Júnior, que cruza a avenida Brasil, para tentar evitar a passagem dos blindados M-113 da Marinha. Contudo, os veículos já haviam passado.

Dois tratores do Bope vão ajudar a derrubar barricadas construídas pelo tráfico nos acessoas à favela.

O secretário Estadual de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes, está no Hospital Getúlio Vargas, que fica próximo da Vila Cruzeiro, para comandar a emergência da unidade de saúde.

Segundo a secretaria, apenas na quarta (24) o Hospital Getúlio Vargas registrou 21 baleados, entre vítimas de bala perdida, policiais e suspeitos, e quatro mortos. Na manhã desta quinta-feira apenas três pessoas continuam internadas.

Dinamite

Garis da Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) encontraram na madrugada desta quinta-feira um pacote com seis bananas de dinamite perto de uma lixeira na rua Sanatório, em Madureira, zona norte do Rio de Janeiro. O artefato estava sem pavio, segundo a Polícia Militar, e por isso não explodiu.

Homens do esquadrão antibombas foram acionados e removeram a dinamite. O caso foi registrado na 29ª DP (Madureira).

Veja no mapa os locais de ataques no Rio.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG