Bandidos que derrubaram helicóptero no Rio foram premiados

A aeronave foi abatida em outubro de 2009. Criminosos foram recompensados por chefes da quadrilha

Bruna Fantti e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Bandidos que derrubaram um helicóptero da Polícia Militar, em outubro de 2009, foram premiados por outros criminosos. A aeronave foi abatida próximo do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, provocando a morte de três PMs e deixando outros três feridos. Segundo a Polícia Civil, o bando foi recompensado pelos chefes da quadrilha em que atuam, ganhando pontos de venda de drogas.

De acordo com a polícia, um dos traficantes premiados foi Eliseu Felício de Souza, conhecido como Zeu, condenado em 2002 pela morte do jornalista Tim Lopes. O bandido foi beneficiado em 2007 com o regime semi-aberto, mas não voltou ao complexo penitenciário de Bangu.

Imagens divulgadas pelo Fantástico, da TV Globo, mostram Zeu comandando um ponto de venda de droga no Complexo do Alemão, em Ramos, que fica perto da Vila Cruzeiro, na Penha, onde Tim Lopes foi torturado e morto.

Por causa do episódio da queda do helicóptero, a Polícia Civil indiciou 26 suspeitos por homicídio, tentativa de homicídio e associação para o tráfico.

    Leia tudo sobre: helicópterozeumorro dos macacos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG