Bandidos fazem reféns em ônibus em avenida do centro do Rio

Coletivo foi cercado pela PM. Bope foi chamado para negociar rendição dos criminosos. Pelo menos duas pessoas foram baleadas

iG Rio de Janeiro |

Pelo menos três bandidos armados com uma granada fazem reféns em um ônibus na avenida Presidente Vargas, no centro do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (9).

O coletivo, da viação Jurema, foi cercado por policiais militares e equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais) da PM estão no local para negociar com criminosos. Pelo menos três pessoas, duas mulheres e um homem foram baleados e foram levados para o Hospital Souza Aguiar, no centro. Uma das vítimas levou um tiro no pescoço.

Luiz Gomes/Futura Press
Ônibus que foi tomado por assaltantes em fuga nesta terça-feira no Rio de Janeiro
Por conta do fato, duas pistas da avenida, uma das mais movimentadas do Rio, foram fechadas no sentido Praça da Bandeira.

A PM não sabe quantos criminosos ainda estão no interior do coletivo. O ônibus seguia em direção a Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Versão contraditória

A PM deu uma primeira versão sobre o fato. Inicialmente, o Serviço Reservado do batalhão da Praça da Harmonia (5º BPM) havia informado que bandidos tinham invadido o campus da Universidade Estácio de Sá, na Presidente Vargas.

Segundo o primeiro relato, na fuga, três criminosos fugiram em um carro em direção à favela de Manguinhos e foram perseguidos. Um outro teria entrado no ônibus, fez reféns mas teria saído do coletivo.

    Leia tudo sobre: reféns em ônibussequestroRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG