Bailes tradicionais estão de volta ao carnaval do Rio, mas sem Black-tie

Iniciativa de empresários em parceria com a prefeitura promete agitar área portuária

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

Divulgação
Haroldo Costa, Ricardo Amaral e o secretário de Turismo, Antonio Pedro, entre as passistas
Os grandes bailes que atraiam multidões nas décadas de setenta e oitenta estão de volta. Os empresários Ricardo Amaral e Luiz Calainho, na presença do secretário da RioTur Antonio Pedro e do diretor artístico Haroldo Costa, anunciaram na tarde desta quinta-feira (6), no Palácio da Cidade, a novidade que deve movimentar o carnaval da cidade.

Rebatizados de “Bailes Devassa no Porto Maravilha”, já que ocorrerão no armazém 4, no cais do porto, os eventos começam na quinta-feira, 3 de março, com o Baile de Gala da Cidade, um dos mais tradicionais do Carnaval carioca. A expectativa dos organizadores é receber, por noite, cerca de 3500 pessoas. Toda a decoração será inspirada nos jardins de Burle Marx, que completaria cem anos agora em 2011.

Tríade carnavalesca

“O carnaval do Rio sempre se sustentou numa tríade, formada pelos desfiles das escolas de samba, os blocos de rua e os bailes. Os desfiles só evoluíram, os blocos de rua voltaram com força total. Só faltava o resgate dos bailes, que fizeram história na cidade”, disse Amaral, que agendou para a tarde de sábado, 5 de março, a volta da sua tradicional feijoada, que não ocorria há sete anos.

Dessa vez os trajes não são mais de gala, como se exigia antigamente. “O clima carioca não pede tanta formalidade e achamos que uma maneira de modernizar e atrair um novo público seria deixar de lado o Black-tie”, explica Calainho, sócio de Alexandre Accioly na empreitada. No baile de gala da cidade, por exemplo, o traje solicitado é de fantasia ou todo branco. Bem diferente de outros tempos.

Para o carnavalesco Milton Cunha, que será embaixador do Baile Gay ao lado do socialite Bruno Chateaubriand e da transformista Rogéria, a cidade precisava resgatar este tipo de carnaval. “É importante para todo mundo, ainda mais num ponto tão emblemático. Foi no Centro do Rio que o samba nasceu, ali é a história viva do carnaval”, diz ele, empolgado.

Confira a programação completa :

03/03 - Baile de Gala da Cidade do Rio de Janeiro - A partir das 22h, com apresentações do Grupo Meu Kantinho e Pagodeiros da Cidade Nova, Grande Orquestra Devassa, Jorge Aragão, Bateria do Salgueiro, DJ Rodrigo Vieira, Bloco Suvaco de Cristo. O baile terá ainda o concurso oficial de fantasias.
Traje obrigatório: fantasia ou branco
Preço: a partir de R$ 210

04/03 - Baile Devassa - A partir das 22h, com apresentações de Jorge Benjor, DJ Rodrigo Vieira e Bloco Simpatia é quase Amor, Grupo Meu Kantinho, Pagodeiros da Cidade Nova e Grande Orquestra Devassa. Traje obrigatório: carioca
preço: a partir de R$ 140

05/03 - Feijoada do Amaral - Baile começa a partir das 15h, com apresentações de Latino, Bloco das Carmelitas e DJ Rodrigo Vieira, além do Grupo Meu Kantinho e Pagodeiros da Cidade Nova.
Traje obrigatório: Camiseta oficial
Preço: a partir de R$ 250

06/03 - Fun Carnival - A partir das 20h, com transmissão dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial. Apresentação do Grupo Meu Kantinho e do Bloco Cais na Folia, além das baterias das escolas de samba.
Preço: a partir de R$ 130

07/03 - Fun Carnival - A partir das 20h, com transmissão dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial. Apresentação do Grupo Meu Kantinho e do Bloco Cais na Folia, além das baterias das escolas de samba.
Preço: a partir de R$ 130

08/03 - Grande Baile Gay - A partir das 22h. Apresentações da Orquestra Devassa, Eduardo Dussek, Marcos Sacramento e Soraya Ravenle, Blocos do Barbas e Imprensa que eu Gamo, DJ Zé Pedro. No baile também serão apresentados os vencedores do concurso oficial de fantasias.
Preço: a partir de R$ 180

Os ingressos podem ser comprados em www.ingresso.com

    Leia tudo sobre: carnaval do riobailes devassaricardo amaralporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG