Assistente de câmera é furtado dentro de delegacia

Equipamento foi levado durante entrevistas sobre depoimento de Adriano

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

O assistente de câmera da Rede Record de Televisão, Carlos Henrique Crispin da Silva, foi furtado na tarde desta segunda-feira enquanto trabalhava na 38ª DP (Brás de Pina). O profissional estava na delegacia, onde o jogador Adriano era esperado para prestar depoimento, quando teve seu equipamento levado por populares.

Durante a expectativa pela chegada do atacante, mais de 100 pessoas começaram a gritar o nome do atleta e, muitos deles, entraram na delegacia enquanto o delegado Luiz Alberto Andrade dava entrevista. Segundo Crispin, a bolsa com equipamentos foi deixada no chão, em um canto próximo ao bebedouro, à direita da porta de entrada, enquanto o delegado concedia entrevistas no balcão de atendimento.

“Fui roubado. Havia filtros, microfones sem fio de lapela e lâmpada de iluminação para a câmera”, contou. O assistente de câmera registrou queixa. “Houve o registro e vamos investigar o que ocorreu”, limitou-se a dizer o delegado.

    Leia tudo sobre: delegaciapolíciafurto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG