Assista ao vídeo de assalto a mercadinho na Rocinha

Homem levou cerca de R$ 2.000 em pouco mais de 20 segundos. Ação ocorre na favela um dia após roubo na Ricardo Eletro

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro |

O iG obteve o vídeo da câmera de segurança do mercado do Nilão, que mostra o assaltante chegando às 18h55 desta terça-feira (13) para roubar o estabelecimento, que funciona na Estrada da Gávea, principal via da Rocinha. A Polícia Civil teve acesso às imagens. Uma pessoa da loja ouvida pelo iG estimou o prejuízo em cerca de R$ 2.000.

O homem é mulato, alto e magro e usava camisa escura e boné. Ele entra, volta para fora da loja – aparentemente para verificar se não há policiais no local – e então se dirige ao caixa, que fica na entrada do mercadinho.

Leia também : Loja de eletrodomésticos é assaltada na favela da Rocinha

Nesse momento, ele puxa uma moça que se dirigia aos fundos da loja e faz com que ela fique perto da ação, que dura cerca de 20 segundos. Anuncia o assalto, ordena à funcionária do caixa que junte o dinheiro disponível e lhe entregue. Segundos depois, ele dá um empurrão na funcionária, como se lhe chamasse à atenção para que seja mais rápida. A moça chega para trás e continua juntando o dinheiro.
O rapaz sai em seguida da loja, em passo rápido, em direção a um beco do lado do mercado. Duas mulheres que estavam dentro correm para ver aonde ele vai.

Pelas imagens, não é possível identificar se ó criminoso está armado, mas os funcionários do estabelecimento presentes no momento do assalto disseram que ele tinha uma arma

“Eu já estava prevendo isso aí (assaltos na Rocinha, após a saída do tráfico, que os proibia) e vai continuar acontecendo. O dinheiro farto e fácil que circulava na Rocinha acabou e quem usufruía dele está ‘duro’ ou ficando ‘duro’. Com certeza é gente daqui de dentro”, afirmou um empregado da loja que pediu para não ser identificado.

O estabelecimento vai trocar as atuais câmeras de segurança e investir em equipamento mais moderno, que lhes permita ter maior definição das imagens. A contratação de seguranças armados também é estudada.

    Leia tudo sobre: policialassaltorocinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG