Assassino de Tim Lopes é preso no Complexo do Alemão

Elizeu Felício de Souza, o Zeu, estava escondido em uma casa da comunidade

Daniel Gonçalves e Fábio Grellet, especial para o iG |

AE
Elizeu Felício de Souza, o Zeu, foi preso em sua casa, no Complexo do Alemão, neste domingo (28)
A polícia prendeu na tarde deste domingo (28) Elizeu Felício de Souza, o Zeu, um dos assassinos do jornalista Tim Lopes e um dos principais nomes do tráfico de drogas da região.

Zeu estava foragido da polícia desde 2007, quando fugiu da prisão no primeiro dia após conseguir o direito do regime semiaberto. Ele cumpriu apenas cinco dos 23 anos a que foi condenado.

O criminoso foi preso em uma casa, no Largo do Coqueiral, dentro do Complexo do Alemão. Ele estava desarmado e, segundo o coronel Álvaro Garcia, chefe do Estado Maior da Polícia Militar, ofereceu uma pequena resistência, mas foi convencido pelos policiais a se entregar. "Ele tinha medo de se entregar, mas os policiais garantiram que se ele se entregasse seria conduzido sem violência, então ele cedeu rapidamente", garantiu.

Para o coronel, a prisão de Zeu foi a mais importante desta operação até agora. “O trafico do Rio está com as pernas quebradas”, finalizou.

Prisões e apreensões

Por volta das 16h30 deste domingo (28) mais dois acusados de tráfico foram levados pela Polícia Militar até o 16º BPM. Um deles, segundo a polícia, é conhecido como Filé e foi preso quando tentava se esconder na casa de um morador da comunidade Nova Brasília, dentro do Alemão. O segundo traficante ainda não foi identificado.

Também foram chegaram ao batalhão cerca de 35 motos apreendidas no Complexo do Alemão pela Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG