Angolano ligado ao tráfico é preso com metralhadora no Complexo da Maré

Africano de 46 anos disse que lutou na guerra civil de seu país e está no Brasil há 20 anos

iG Rio de Janeiro |

Um angolano suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas foi preso com uma metralhadora nesta quarta-feira (15) na favela Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo o comandante do batalhão da Maré (22º BPM), tenente-coronel Gláucio Moreira, João José de Araújo, de 46 anos, disse que veio para o Brasil há cerca de 20 anos após lutar na guerra civil do seu país, que ocorreu entre 1975 e 2002.

De acordo com o comandante, o suspeito atuaria como segurança da quadrilha que comanda o tráfico na localidade.

A polícia do Rio sempre suspeitou do envolvimento de angolanos com o tráfico no Complexo da Maré.

Em março, um angolano foi assassinado na Maré supostamente por um chinês que descobriu que o africano mantinha um relacionamento com sua mulher.

    Leia tudo sobre: angolanotráficoRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG