Agência Reguladora vai apurar supostas agressões no Metrô Rio

Passageiro teria sido agredido por seguranças após pular a roleta sem pagar

iG Rio de Janeiro |

O Conselho Diretor da Agetransp (Agência Reguladora de Transportes Públicos do Rio de Janeiro) instaurou nesta quarta-feira (27) processo regulatório para apurar as circunstâncias e responsabilidades relativas ao princípio de tumulto ocorrido entre seguranças do Metrô Rio e usuários na noite de ontem (26), na estação de Botafogo, na zona sul.

A investigação começou após a TV Globo ter exibido imagens de um segurança imobilizando um passageiro que teria pulado a roleta sem pagar e o levando para dentro da cabine. Dentro dela, o rapaz cai no chão e parece estar sentindo dor.

Um outro passageiro, que teria saído em defesa do homem, também aparece nas gravações sendo imobilizado com uma gravata por um guarda. As imagens mostram ainda os seguranças gritando com os clientes do Metrô.

A concessionária que administra o serviço informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que está apurando com rigor o incidente. Segundo a empresa, os agentes envolvidos no episódio serão chamados a prestar esclarecimentos para que medidas cabíveis sejam adotadas.

O Metrô Rio informou ainda que seus funcionários são treinados para agir em situações adversas adotando normas de conduta padrão de segurança, sem uso indevido de força.

    Leia tudo sobre: agreessõesmetrôRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG