Afastados PMs que mataram por engano colega no Rio

Policial estava à paisana e teria sido confundido com um assaltante pelos outros agentes

AE |

selo

Os dois agentes do 25º Batalhão de Polícia Militar (BPM) que mataram por engano um colega da corporação em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, foram afastados das ruas e passaram a exercer atividades administrativas no batalhão. A medida servirá até o fim do processo que apura o caso. A vítima foi morta a tiros ontem.

O soldado da PM Márcio Henrique Teixeira, de 22 anos, estava à paisana e teria sido confundido com um assaltante pelos outros agentes. A polícia foi acionada para apurar a informação de que havia um homem armado no local. Ao ser abordado, o policial à paisana teve uma reação brusca e foi baleado.

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG