Acusado da morte do menino João Hélio é preso com drogas e carro roubado

Ezequiel Toledo que, na época do crime, era menor de idade, foi flagrado em Iguaba. Morte de João Hélio foi em 2007

iG Rio de Janeiro |

Um dos acusados da morte do menino João Hélio Fernandes em fevereiro de 2007, Ezequiel Toledo da Silva, de 21 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (20) em Iguaba Grande, município da Região dos Lagos, litoral fluminense.

Leia também:

Jovem envolvido em morte de João Hélio ganha liberdade assistida

Justiça mantém condenação de réus do caso João Hélio

Segundo a PM, o jovem foi flagrado em sua residência com um carro roubado. Portava ainda maconha, cocaína e uma arma. Ezequiel foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico, corrupção ativa e receptação.

Na época da morte de João Hélio, Ezequiel era menor de idade. Ele foi condenado a cumprir três anos de medida socioeducativa mas, no ano passado, ganhou o benefício da liberdade assistida.

A morte do menino João Hélio chocou o país. O garoto, então com seis anos de idade, estava com a mãe e a irmã passando de carro pela rua João Vicente, em Oswaldo Cruz, na zona norte do Rio de Janeiro, quando bandidos anunciaram o assalto.

Na ocasião, o menino estava preso ao cinto de segurança. Os criminosos mandaram a mãe e a irmã do garoto saírem do veículo. As duas tentaram retirá-lo, mas os bandidos arrancaram com o carro com o menino pendurado do lado de fora.

João Hélio foi arrastado por várias ruas e bairros e não resistiu aos ferimentos. Os criminosos abandonaram o veículo em Cascadura, na zona norte.

    Leia tudo sobre: caso joão hélio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG