Ezequiel Toledo que, na época do crime, era menor de idade, foi flagrado em Iguaba. Morte de João Hélio foi em 2007

Um dos acusados da morte do menino João Hélio Fernandes em fevereiro de 2007, Ezequiel Toledo da Silva, de 21 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (20) em Iguaba Grande, município da Região dos Lagos, litoral fluminense.

Leia também:

Jovem envolvido em morte de João Hélio ganha liberdade assistida

Justiça mantém condenação de réus do caso João Hélio

Segundo a PM, o jovem foi flagrado em sua residência com um carro roubado. Portava ainda maconha, cocaína e uma arma. Ezequiel foi autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico, corrupção ativa e receptação.

Na época da morte de João Hélio, Ezequiel era menor de idade. Ele foi condenado a cumprir três anos de medida socioeducativa mas, no ano passado, ganhou o benefício da liberdade assistida.

A morte do menino João Hélio chocou o país. O garoto, então com seis anos de idade, estava com a mãe e a irmã passando de carro pela rua João Vicente, em Oswaldo Cruz, na zona norte do Rio de Janeiro, quando bandidos anunciaram o assalto.

Na ocasião, o menino estava preso ao cinto de segurança. Os criminosos mandaram a mãe e a irmã do garoto saírem do veículo. As duas tentaram retirá-lo, mas os bandidos arrancaram com o carro com o menino pendurado do lado de fora.

João Hélio foi arrastado por várias ruas e bairros e não resistiu aos ferimentos. Os criminosos abandonaram o veículo em Cascadura, na zona norte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.