Meia Hora: ciumento do mal é acusado de matar duas namoradas e ameaçar a atual

Por Jornal Meia Hora |

compartilhe

Tamanho do texto

‘Jornada' do acusado no crime começou em 2000, quando ele matou a primeira namorada

Jornal Meia Hora

Policiais da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, prenderam um homem acusado de matar duas namoradas e ameaçar uma terceira. Foragido desde 2006, quando teve mandados de prisão expedidos pelas duas mortes, Leandro Fernandes Gonçalves, de 36 anos, foi acusado pela atual companheira de ameaçá-la.

Leia mais do Meia Hora:

Homem leva tiro de vizinho e é salvo por iPhone

Taradona liga 377 vezes para bombeiros e pede para apagarem seu fogo

Mulher morre afogada após carro cair em rio durante sexo

A ‘jornada' de Leandro no crime começou em 2000, quando ele matou a primeira namorada. Logo em seguida foi a vez Luciana Martinez Alves, de 20 anos, ser executada com um tiro na nuca, em 2002. Ele foi preso ontem a caminho do trabalho, na Zona Norte do Rio. O criminoso tinha dois mandados de prisão preventiva pelas duas mortes. Em depoimento, Leandro nega todos os crimes.

Em todos os inquéritos, ele é acusado de atacar as mulheres por ciúmes. Além do cumprimento dos mandados, o criminoso vai responder por ameaça à atual companheira. "O comportamento dele revela extrema violência. Certamente, com a prisão evitamos uma terceira morte", afirmou a delegada Sandra Ornellas, titular da Deam de Meriti.

Leia tudo sobre: Meia HoraJornal Meia HoraRio de Janeiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas