Meia Hora: ação policial no Rio manda sete traficantes para a jaula

Por Jornal Meia Hora | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Chefe do pó na comunidade, Scooby era o alvo principal da operação e escapou. Ele estaria na Favela da Rocinha

Jornal Meia Hora

Sete suspeitos, entre eles um menor, foram detidos, durante uma ação realizada pela 20ª DP (Vila Isabel), no Morro dos Macacos, na Zona Norte do Rio. Batizada de "Pantanal", a operação tinha como objetivo desarticular uma quadrilha de traficantes de drogas e prender Leandro Nunes Botelho, o Scooby, de 35 anos, chefe do pó no local e também do bando.

O traficante não foi localizado, e, segundo informações de agentes da distrital, o criminoso, que é ligado à facção Amigos dos Amigos (ADA), estaria refugiado na Favela da Rocinha. Assim como o Morro dos Macacos, a comunidade de São Conrado tem Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Leia mais do Meia Hora:

Bala perdida mata comerciante diante de filhas no Rio de Janeiro

Vagabundagem queima cinco ônibus na Baixada Fluminense

Mulher morre afogada após carro cair em rio durante sexo

De acordo com os investigadores da 20ª DP, o bandido, apontado como um principais aliados do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, costuma transitar também entre os morros da Pedreira, em Costa Barros, e do Dezoito, em Água Santa. O Disque-Denúncia (2253-1177) oferece R$ 5 mil por informações que levem à prisão do ‘zero um' do Morro dos Macacos. XT, apontado como braço-direito de Scooby, também é procurado.

Segundo os policiais, as investigações da Operação Pantanal tiveram início há oito meses. Ao todo, 35 mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos, sendo que 16 já foram cumpridos desde o início da ação. Todos os presos são acusados de envolvimento no comércio de entorpecentes na comunidade de Vila Isabel.

Um dos presos na operação de ontem foi identificado como Douglas Silva de Moura, o DG, de 23 anos. O bandido, que é cadeirante e havia sido baleado, há dois meses, em confronto com rivais do Morro do São João, do Comando Vermelho (CV), era um dos ‘soldados' do tráfico.

A ação foi feita com o apoio de policiais da UPP Macacos. Os agentes também cumpriram nove mandados de prisão contra foragidos do sistema penitenciário.

Leia tudo sobre: Jornal Meia HoraMeia HoraRio de Janeiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas