Domingo de forte calor no Rio e roubos em praias lotadas

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Movimento de assaltantes levou pânico aos banhistas em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro

Agência Brasil

Movimentação na praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, RJ, neste domingo (11). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na Praia do Pepe na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, neste sábado (10). Foto: Ariel Subirá/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na Praia do Pepe na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, neste sábado (10). Foto: Ariel Subirá/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura PressMovimentação na Praia do Pepe na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, neste sábado (10). Foto: Ariel Subirá/Futura PressMovimentação na Praia do Pepe na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, neste sábado (10). Foto: Ariel Subirá/Futura PressMovimentação na praia da Barra da Tijuca, Posto 3, no Rio de Janeiro (RJ), neste sábado (10). Foto: Ellan Lustosa/Futura Press

O forte calor deste domingo (11) levou muita gente para as praias que ficaram lotadas. À tarde movimento de assaltantes nas areias levou pânico aos banhistas em Ipanema, zona sul do Rio. Houve a  intervenção de integrantes da Guarda Municipal e da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ).

A PM descartou que tenha havido arrastão nas areias de Ipanema: em razão de roubos, 15 pessoas foram presas e levadas para a 14ª DP, na Leblon, zona sul do Rio.

A temperatura não chegou a bater recorde hoje no Rio. Ainda assim, os aparelhos localizados no Aeroporto do Campo dos Afonsos, base da Força Aérea Brasileira (FAB), registraram 39 graus Celsius (ºC). A informação é da meteorologista da Climatempo, Aline Tochio. Ela explicou que a expectativa era de temperaturas mais altas, mas uma mudança na direção dos ventos impediu a elevação. “Não que haja esfriado, mas pelo menos não chegou a temperatura recorde. Mesmo assim, o tempo ainda está bem aberto: só mudou um pouco a direção do vento a ponto de não bater na temperatura extrema”, contou à Agência Brasil.

As altas temperaturas, segundo a meteorologista, vão continuar a colaborar com um programa que tem recebido cada vez mais adeptos: frequentar as praias à noite. “A noite de hoje vai ser ainda de tempo firme. Não há previsão de chuva e o pessoal que está gostando dessa história de praia noturna pode ir tranquilo, porque ainda vai dar para aproveitar”, indicou.

Para a semana que está começando, a previsão é que o calor intenso permaneça por causa da forte massa de ar seco que está sobre parte do sudeste. A única mudança é que pode ter chuva nesta segunda-feira (12), nas regiões sul e serrana do estado. “São chuvas de verão. Até podem ter forte intensidade, mas vão ser isoladas e de curta duração. A cidade do Rio, a região metropolitana e o litoral vão continuar sem chuva até o fim da semana e a temperatura volta a subir. Amanhã a previsão é que o Rio tenha 40ºC de novo até terça, diminuindo um pouco na quarta para 39ºC”, disse.

Neste domingo, quem se dirigiu às praias contou também com a Operação Verão do Metrô que começou neste fim de semana e estará em vigor até 1º de março. A concessionária montou um plano para os finais de semana: haverá redução no intervalo dos trens aos domingos, com aumento de 13% na oferta de lugares na comparação com as vagas disponíveis durante a semana. Estão previstos também trens extras, que ficarão posicionados em estações estratégicas, para entrar em trânsito se houver aumento do fluxo de usuários. O Metrô pede que a população utilize Cartão Pré-Pago ou compre as passagens antecipadamente para evitar filas na volta da praia.

O embarque com pranchas de surf está liberado nos fins de semana e feriados para todas as estações. O usuário deve apenas encapar as pranchas que não podem ultrapassar dois metros de comprimento.

Leia tudo sobre: brasilrio de janeiropraiascrime

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas