Lei Seca no Rio Janeiro aborda motoristas na saída da praia

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Quem for flagrado dirigindo após consumir bebidas alcoólicas ou se recusar a fazer o teste do bafômetro perde sete pontos na carteira; infração é considerada gravíssima

Agência Brasil

Quem for à praia de carro deve passar longe das bebidas com álcool
Ariel Subirá/Futura Press
Quem for à praia de carro deve passar longe das bebidas com álcool

Quem optar por ir à praia de carro vai ter que abrir mão da cervejinha. Desde a última sexta-feira (9) a Operação Lei Seca, do governo do estado do Rio de Janeiro, faz blitzes nos principais acessos à orla, no fim da tarde. É a primeira vez que a fiscalização é feita durante o dia, para lembrar que dirigir depois de tomar bebida alcoólica pode causar acidentes, além de multa de R$ 1,9 mil.

Para abordar os motoristas, a operação deste sábado (10) está sendo montada na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, segundo informações oficias, e deixou em alerta os usuários de redes sociais: “alguém sabe da #Bols [blitz da Operação Lei Seca]?”, postaram internautas no Twitter.

As blitzes da Lei Seca no Rio vão se estender ao longo do verão, até fevereiro, de quinta-feira a domingo, em sete pontos estratégicos e contarão com 15 agentes. Na sexta-feira (9), os fiscais montaram a operação em um dos  principais acessos à Praia do Recreio, na zona oeste. Cerca de 200 motoristas foram abordados, 167 fizeram o bafômetro e 56 foram multados.

O coordenador-geral da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade disse que as operações vão dar mais segurança a quem aproveitou um dia de mar e volta para casa tranquilamente. “Nossos agentes já trabalham nos calçadões das orlas e sinalizaram que a incidência de motoristas sob a influência de álcool é significativa”, disse, em nota à imprensa.

Quem for flagrado dirigindo após consumir bebidas alcoólicas ou se recusar a fazer o teste do bafômetro é multado, perde sete pontos na carteira de motorista e pode até ser processado criminalmente. A infração é gravíssima pelo Código Brasileiro de Trânsito.

Leia tudo sobre: brasilrio de janeiroblitzlei seca

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas