Multas da Operação Lei Seca no Rio tiveram queda de 8% no Natal de 2014

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Nas madrugadas dos dias 25 e 26, os agentes abordaram 3.090 motoristas, multaram 642 e rebocaram 108 veículos

Agência Brasil

O número de motoristas multados por dirigirem alcoolizados foi menor em 8% comparado ao ano passado, durante a Operação Lei Seca do Rio de Janeiro, no período do Natal. Nas madrugadas dos dias 25 e 26, os agentes abordaram 3.090 motoristas, multaram 642 e rebocaram 108 veículos. Ao todo, 164 condutores tiveram carteira de motorista recolhida. No mesmo período de 2013, 2.702 motoristas pararam em blitzes, 700 foram multados, 122 veículos rebocados e 179 condutores tiveram as carteiras de habilitação recolhidas.

O coordenador-geral da operação, tenente-coronel Marco Andrade, disse  que apesar do número maior de motoristas abordados, houve queda no número de motoristas multados, carros rebocados e motoristas flagrados dirigindo sob efeito do álcool. “Um resultado muito positivo, que indica que o cidadão carioca está contribuindo com um trânsito mais humano e seguro”.

Leia mais: Helicóptero cai em Bertioga e mata 5

O número de sanções administrativas teve queda de 201, no ano passado, para 185 este ano. As sanções criminais passaram de dez, em 2013, para 11, em 2014. Foram feitas 2.727 testes do bafômetro, 421 a mais do que no ano passado. O esquema especial de Natal continua até amanhã (28). Na quarta-feira (31), começa a ação especial para o Ano-Novo, que vai até 4 de janeiro, com 67 blitzes em todo o estado. Durante o verão, haverá operações durante o dia com o intuito de fiscalizar os motoristas que estão saindo das praias.

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente, lançada em março de 2009, pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro. Da primeira operação até a madrugada de ontem (26), cerca de 1,73 milhão de motoristas foram abordados, 338,8 mil foram multados, 70 mil veículos rebocados e aproximadamente 123,6 mil motoristas tiveram a carteira de motorista recolhida. Um total de 127.314 condutores sofreu sanções administrativas, sendo que 4.426 sofreram sanções criminais. Os agentes fizeram cerca de 5 milhões de testes do bafômetro.

Leia tudo sobre: lei secatrânsitorio de janeiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas