MEC e governo do Rio fazem campanha para reduzir sub-registro civil no estado

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

A ideia é conscientizar os pais sobre a importância de registrar seus filhos e ter seus próprios documentos de identificação

Agência Brasil

Uma campanha do Ministério da Educação (MEC) e do governo fluminense pretende reduzir, a partir de janeiro, os sub-registros civis no estado do Rio de Janeiro. A ideia é conscientizar os pais de alunos nas escolas estaduais, por meio de palestras e ações sociais, sobre a importância de registrar seus filhos e de providenciar seus próprios documentos de identificação.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, em alguns casos, os filhos não são registrados porque os próprios pais não têm documentos e isso pode se estender por gerações.

Outro projeto do governo fluminense é o Novo Cidadão, que permite a concessão de certidão de nascimento e carteira de identidade, gratuitamente, em algumas maternidades estaduais. Segundo a assessoria de imprensa do governo do estado, o sub-registro civil de recém nascidos chega a 5% no estado, ou seja, de cada 100 bebês nascidos, cinco não são registrados nos cartórios.

Leia tudo sobre: mecrio de janeirodireitos humanosbrasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas