Militar do Exército esfaqueia namorada grávida até a morte em Nova Iguaçu

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A polícia prendeu Neolan Oliveira Santiago no domingo pela morte de Liliane Ferreira da Silva, de 17 anos, no Rio de Janeiro

Reprodução/Facebook
Delegado diz que Neolan Oliveira Santiago não pareceu estar arrependido pelo crime

Um militar do Exército de 19 anos é suspeito de ter matado a facadas a namorada grávida de cinco meses em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

Assista: Inconformado, homem mata ex-namorada a facadas em SP

A polícia prendeu Neolan Oliveira Santiago na tarde de domingo (7) pela morte de Liliane Ferreira da Silva, de 17 anos, em Austin. 

A arma do crime foi encontrada no fim da noite de domingo em um matagal perto da casa de Liliane.

De acordo com o delegado Brenno Carnevale, Santiago confessou o crime dizendo ter perdido a cabeça durante uma discussão.

Austrália: Chef de cozinha mata a namorada e cozinha os pedaços

O policial contou que após agressões mútuas, o jovem esfaqueou a vítima e o bebê do casal até a morte. Santiago não demonstrou estar arrependido pelo crime, afirmou a autoridade.

Familiares de Liliane disseram que o casal se conhecia desde os 8 anos de idade e namorava desde os 12. O relacionamento deles era conturbado, contaram parentes. No Facebook do rapaz há várias fotos do adolescente abraçado a outra garota. Comentários sugerem que ambos estariam namorando. 

Leia tudo sobre: mortefacadario de janeironova iguacusantiagoneolan

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas