A polícia prendeu Neolan Oliveira Santiago no domingo pela morte de Liliane Ferreira da Silva, de 17 anos, no Rio de Janeiro

Delegado diz que Neolan Oliveira Santiago não pareceu estar arrependido pelo crime
Reprodução/Facebook
Delegado diz que Neolan Oliveira Santiago não pareceu estar arrependido pelo crime

Um militar do Exército de 19 anos é suspeito de ter matado a facadas a namorada grávida de cinco meses em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

Assista: Inconformado, homem mata ex-namorada a facadas em SP

A polícia prendeu Neolan Oliveira Santiago na tarde de domingo (7) pela morte de Liliane Ferreira da Silva, de 17 anos, em Austin. 

A arma do crime foi encontrada no fim da noite de domingo em um matagal perto da casa de Liliane.

De acordo com o delegado Brenno Carnevale, Santiago confessou o crime dizendo ter perdido a cabeça durante uma discussão.

Austrália: Chef de cozinha mata a namorada e cozinha os pedaços

O policial contou que após agressões mútuas, o jovem esfaqueou a vítima e o bebê do casal até a morte. Santiago não demonstrou estar arrependido pelo crime, afirmou a autoridade.

Familiares de Liliane disseram que o casal se conhecia desde os 8 anos de idade e namorava desde os 12. O relacionamento deles era conturbado, contaram parentes. No Facebook do rapaz há várias fotos do adolescente abraçado a outra garota. Comentários sugerem que ambos estariam namorando. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.