Polícia do Rio desarticula quadrilha de roubo de carro e tráfico de drogas

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Ação teve blindados e helicóptero Águia, e foi concentrada nas favelas da Igreja, Igrejinha, Grota Viradouro e do Souza

Agência Brasil

Policiais de 11 delegacias de Niterói e São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, desencadearam hoje (25) uma operação para cumprir 20 mandados de prisão, expedidos pela Justiça, contra pessoas envolvidas com roubos de veículos e tráfico de drogas. A Operação Caçador prendeu cinco homens - um deles foi baleado -, recuperou quatro motos e um veículo, além de confiscar drogas, dinheiro e um rádio comunicador. A ação teve apoio de três blindados e um helicóptero Águia, e foi concentrada nas comunidades da Igreja, Igrejinha, Grota Viradouro e do Souza.

Segundo a Polícia Civil, três mandados de prisão foram cumpridos contra Leandro Alves Plácido, João Victor dos Santos Marcílio e Caio Pereira Chaves. Durante a operação, dois homens foram presos em flagrante: Luis Carlos do Nascimento Silva estava com cocaína, crack, um carregador de pistola 9 mm de 30 tiros e um rádio comunicador; e Douglas Wellington da Silva, conhecido como Nego Dama, também portava um carregador de pistola 9 mm, um rádio comunicador, seis munições deflagradas e dois pinos de cocaina.

Em troca de tiros, na comunidade do Souza, Douglas foi ferido e transferido para atendimento no Hospital Estadual Azevedo Lima, no Bairro Fonseca, em Niterói. O hospital não emitiu comunicado, e a Agência Brasil entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde para obter informações sobre o estado de saúde do preso, mas não teve retorno até a edição desta matéria.

Na ação, os policiais recuperaram um Vectra, roubado na última terça-feira (23), em Jurujuba, mais quatro motos, uma delas de 1.000 cilindradas. A operação foi comandada pelo 4º Departamento de Polícia de Área, em parceria com o Departamento Geral de Polícia Especializada, a Coordenadoria de Recursos Especiais e o Serviço Aéreo Policial. As ações envolveram ainda as delegacias de Roubos e Furtos de Automóveis, Roubos e Furtos de Cargas, de Combate às Drogas e a Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Os últimos dados do Instituto de Segurança Pública mostram que no mês de agosto foram feitas 303 prisões em Niterói e registrados 358 roubos de veículos, 198 apreensões de drogas e 105 apreensões de armas.

Leia tudo sobre: Rio de Janeiroprisõesfavela

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas