Polícia prende suspeito de chefiar maior milícia da zona oeste do Rio

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a Polícia Civil, com José de Lima Gomes foram apreendidos armamentos, entre eles um fuzil

Agência Brasil

Policiais civis prenderam, na noite de ontem (5), um ex-policial militar suspeito de chefiar a maior milícia da zona oeste da cidade do Rio. Agentes da Divisão de Homicídios da Capital prenderam José de Lima Gomes, conhecido como Gão, na localidade de Cosmos, em Campo Grande.

Segundo a Polícia Civil, com Gomes foram apreendidos armamentos, entre eles um fuzil. A Vara de Execuções Penais havia expedido um mandado de prisão por formação de quadrilha contra ele, que estava foragido do sistema penitenciário.

De acordo com a polícia, Gomes é ligado ao grupo chamado de Liga da Justiça e substituía o também ex-policial militar Toni Ângelo Souza Aguiar, preso em julho de 2013 como chefe da quadrilha. Milícias são grupos criminosos formados, em grande parte, por policiais e ex-policiais que mantêm o controle armado de comunidades, extorquindo a população e explorando serviços como gás, transporte alternativo e televisão por assinatura clandestina.

Leia tudo sobre: Rio de JaneiroMilíciaPrisãoPolícia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas