Idosa morre durante operação da PM no Complexo do Chapadão, no Rio

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Moradores revoltados depredaram parcialmente um ônibus e atearam fogo em lixo e pedaços de pau bloqueando uma via

Agência Brasil

Uma idosa morreu hoje (6) pela manhã durante uma operação de policiais militares do Batalhão de Irajá, nas comunidades da Pedreira e da Quitanda, no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, subúrbio do Rio. A Polícia Militar confirmou a morte de Maria de Lourdes Correia do Nascimento, de 68 anos. Um ônibus foi tomado pelos moradores e estacionado na Avenida Professor Bernardino, um dos acessos ao Chapadão. Os moradores revoltados depredaram parcialmente o veículo e atearam fogo em lixo e pedaços de pau, bloqueando a via. A PM já desbloqueou a avenida.

Por medida de segurança, devido a operação no Chapadão, 14 unidades escolares não abriram as portas pela manhã e cerca de 4,6 mil alunos da rede municipal de educação ficaram sem aula. Seis escolas municipais, quatro creches e quatro Espaços de Desenvolvimento Infantil deixaram de funcionar.

De acordo com o comandante do 41° Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Irajá, a operação foi para cumprir um mandado de prisão. Os policiais alegam que foram recebidos com muitos tiros. Para reforçar a ação, foram chamados militares 9° BPM de Rocha Miranda e do 14° BPM de Bangu, além de um blindado que está na área. O veículo blindado foi intensamente alvejado nos pneus e radiador e se encontra na comunidade. A operação ainda está em andamento.

No dia 25 de junho passado, em outra operação do Batalhão da PM de Irajá, o menino Luiz Felipe Rangel de Melo, de 3 anos, morreu vítima de uma bala perdida enquanto dormia em casa, no Morro da Quitanda. Ele foi enterrado no Cemitério de Irajá, sob pedidos de justiça e paz na comunidade.

A bala que atingiu o menino foi disparada durante tiroteio entre policiais do 41º Batalhão da Polícia Militar e criminosos da comunidade. A perícia foi feita no local, e a Polícia Civil apreendeu 15 armas dos policiais que participaram da operação.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas