Estudante holandesa é presa com 2,5 kg de cocaína no aeroporto do Galeão (RJ)

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Passageira aguardava decolagem do avião, quando foi retirada da aeronave; policiais encontraram droga escondida em mala

Agência Brasil

Divulgação/Polícia Federal
Além da holandesa, dois equatorianos também foram presos por tráfico de drogas

A Polícia Federal (PF) prendeu nessa sexta-feira (11) uma estudante holandesa, de 21 anos, com quase 2,5 quilos de cocaína, quando tentava embarcar para Lisboa, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão - Antonio Carlos Jobim. Os donos da droga também foram presos em um hotel no bairro da Lapa, região central da capital fluminense.

Veja também:
Austrália desmantela rede de tráfico que usava estudantes brasileiros como mulas
Espanhol é preso por tráfico em aeroporto do Rio Grande do Sul

No final da noite dessa sexta-feira, policiais federais lotados na delegacia do aeroporto identificaram uma mala suspeita durante revista de bagagem de porão. O equipamento de raio X detectou a presença de substância orgânica, o que normalmente resulta em apreensão de entorpecentes.

Acompanhe mais notícias do Último Segundo
Siga o Último Segundo pelo Twitter
Fique por dentro de outras notícias pelo Facebook do Último Segundo

A passageira, que já estava em seu assento, aguardando decolagem do avião com destino a Bruxelas, na Bélgica, foi retirada da aeronave. Ao abrirem a mala, os policiais encontraram a cocaína escondida em fundo falso. A presa desceria em Lisboa.

Leia mais:
Polícia Federal apreende cocaína em banners da Copa no aeroporto de Guarulhos

Droga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: DivulgaçãoDroga prensada estava escondida nas hastes do banners que seriam embarcados para Moçambique. Foto: Divulgação

Equatorianos

Com as informações repassadas pela mulher detida, a PF foi a um hotel, no tradicional bairro boêmio da Lapa, e prendeu dois equatorianos, de 56 e de 40 anos, responsáveis pela entrega da droga à holandesa. Em depoimento à polícia, os dois não informaram a procedência da droga apreendida.

Todos foram autuados em flagrante, por tráfico internacional de drogas, e encaminhados ao sistema prisional do estado do Rio de Janeiro. Se condenados, poderão ter penas de cinco a 15 anos de reclusão.

Leia tudo sobre: PFDrogaCocaínaGaleão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas