Operários continuam trabalho de recuperação da estátua do Cristo Redentor

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Raios produzidos durante as tempestade que atingiram o Rio causaram danos e desgaste na estátua

Os estragos causados por um raio que atingiu o Cristo Redentor, na Rio de Janeiro, na semana passada seguem em reparo nesta sexta-feira. Técnicos especializados em rapel e alpinismo, contratados pela empresa Cone Construções e Engenharia, responsável pelas obras, levarão entre três e quatro semanas para repor placas de pedra-sabão, que se soltaram da ponta do dedo médio e polegar da mão direita, e do alto da cabeça da estátua, por causa do impacto causado pela descarga elétrica. O principal cartão-postal do Rio, que atrai 12 mil turistas por dia, não será fechado neste período.

Conheça a home do Último Segundo

Operários trabalham nas obras de manutenção do monumento do Cristo Redentor, na cidade do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (24). Foto: Ale Silva/Futura PressO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: APO Cristo Redentor foi danificado por raios neste início de ano no Rio de Janeiro. Foto: AP

Também estão entre as intervenções de emergência a instalação de mais três para-raios — um em cada extremidade das mãos e outro no topo da cabeça. De acordo com o reitor do Santuário do Cristo Redentor, padre Omar Raposo, os serviços imediatos fazem parte de um pacote de obras de manutenção que serão executadas até dezembro e custarão R$ 1,9 milhão. Os recursos serão financiados pela Pirelli, graças a um acordo entre a fabricante de pneus e a Arquidiocese do Rio.

Leia tudo sobre: cristo redentorrio de janeirocristoraios

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas