Instrutores de Stand Up Paddle faturam nas praias cariocas

Por Nina Ramos - iG Rio | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

No melhor estilo piscina, mar sem ondas grandes é perfeito para a prática do surfe de pé com remo

O início do mês de dezembro não fez o carioca satisfeito. Frente fria atrás de frente fria deixou o começo da temporada mais quente do ano comprometida, mas foi só o verão chegar oficialmente para fazer a alegria da galera. Com as altas temperaturas, o mar atendeu aos desejos dos praticantes do Stand Up Paddle e, há duas semanas, está flat como uma piscina, o que é perfeito para a prática.

Conheça a home do Último Segundo 

Leia também: Com sensação de 50°C, professor dispara: 'Carioca tem que agradecer o calor'

Nina Ramos/iG Rio
O mar atendeu aos desejos dos praticantes do Stand Up Paddle (surfe com remo) no Rio


Para quem não conhece o termo, quando se diz que o mar está flat é porque quase não há onda e nem movimentação. Para quem quer se aventurar no "surfe com remo", o momento é agora: a partir de domingo (5), segundo o Centro de Operações Rio, o clima deve mudar - e a maré também.

No Arpoador, o bombeiro Igor Cavalcanti, de 26 anos, coordenada uma barraca para aluguel de prancha e remo. "Qualquer um pode fazer, sem restrição de idade e peso. Para as crianças menores, temos colete salva-vida e acompanhante. O mar está perfeito para o Stand Up. É quase uma terapia", disse.


O aluguel por 30 minutos é R$ 30, por 1h é R$ 50, e é possível também fazer pacote. "Tem gente que passa férias aqui e fecha por uma semana, duas, um mês...", contou Igor. "O lance é só encaixar o quadril e achar seu equilíbrio", deu a dica.

Por conta do horário de verão e da alta temporada, a barraca funciona até 20h. No posto 6, em Copacabana, e por toda orla de Ipanema e Leblon, outros instrutores oferecem o mesmo serviço. É só se jogar no mar e encarar o desafio de verão.

Leia tudo sobre: RioVerãoCalor

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas