Globais apoiam protesto em vídeo, mas dão bolo em manifestantes

Por Nina Ramos - iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Poucos que participaram da gravação apareceram, como Leandra Leal e Teresa Seiblitz; Wagner Moura, Camila Pitanga e Mariana Ximenes não foram

Wagner Moura, Camila Pitanga, Mariana Ximenes, Marcos Palmeira e Leandra Leal entre outros gravaram um vídeo em apoio à manifestação desta quinta-feira (31) no centro do Rio de Janeiro, mas só Leandra deu as caras no protesto. Além dela, poucos dos que participaram da gravação foram às ruas, entre eles o poeta Chacal, a atriz Teresa Seiblitz, o ator Luís Henrique Nogueira e o professor de Direito Adriano Pilatti.

Conheça a nova home do Último Segundo

Governo: Grupo de inteligência é criado para combater violência em protesto

Poder Online: Assista ao vídeo dos globais convocando para o protesto

Nina Ramos/iG Rio
Manifestantes escalam arcos da Lapa em protesto nesta quinta-feira

Sob o título de Grito da Liberdade, o protesto – que começou em frente ao Fórum central às 15h – tem motivação pacífica, embora o Black Bloc já tenha tomado a dianteira da manifestação, que passou pela Cinelândia e caminhou em direção ao bairro boêmio da Lapa.

Leia também: Dilma classifica como "barbárie" vandalismo

No vídeo, os globais repudiam a violência do Estado ao reprimir as manifestações. Embora a maioria das estrelas globais não tenha aparecido, artistas com longa carreira em teatro, como Luís Henrique Nogueira, que atuou na novela Saramandaia, participaram da caminhada.

Questionado sobre as vaias contra a Globo, o ator disse não se incomodar. “Todas as camadas demoraram para entender a situação. Quando vimos que o Estado estava agindo dessa forma, nos juntamos.”

A atriz Teresa Seiblitz, longe da TV há mais de uma década, diz não fazer parte de nenhum grupo específico. “Sempre fui contra o sectarismo e acho que a violência é uma virtude diária. Pode ser uma utopia, mas é nisso que eu acredito”, diz ela, que comprou seu apartamento com o dinheiro de sua primeira novela no canal.

Marcha

Cerca de 600 pessoas participaram da marcha, que ocorreu pacificamente. O policiamento foi reforçado, não apenas no trajeto, mas espalhados em pontos estratégicos do centro.

Com Agência Estado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas