Tiroteio deixa um morto e um ferido em favela do Rio de Janeiro

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Moradores dizem que vítima residia na comunidade e não tinha envolvimento com o tráfico de drogas

Agência Estado

Um tiroteio na favela do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, zona sul do Rio, deixou uma pessoa morta e outra ferida na madrugada desta quinta-feira (24). A comunidade recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) há quatro anos e, segundo relato de moradores, este foi o tiroteio mais intenso desde então.

O Dia: Comerciantes não abrem as portas após morte no Pavão-Pavãozinho

Osvaldo Praddo / Agência O Dia
Policiamento foi reforçado no Pavão-Pavãozinho após morte

A vítima fatal não foi identificada até o momento. Moradores da favela dizem que ele não tinha conexão com o tráfico e se revoltaram porque o socorro teria demorado tempo demais. Como a ambulância não conseguiria subir a comunidade, eles tiveram de improvisar uma maca para conduzir a vítima até a esquina da rua Sá Ferreira com a avenida Nossa Senhora de Copacabana, mas quando a equipe de saúde chegou com a ambulância o baleado já havia morrido. A outra pessoa, que teria ligações com o tráfico, foi ferida com gravidade, mas fugiu do local.

Policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar (Copacabana) tiveram de intervir para evitar que o trânsito fosse fechado pelos moradores do Pavão-Pavãozinho.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas