Comerciante é preso tentando viajar sem declarar dólares

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Em depoimento à polícia federal, ele alegou que o dinheiro seria usado para comprar peças de prata na Ásia

Agência Estado

Um comerciante de 59 anos foi preso nesse sábado (7) pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, tentando sair do País com mais de 46 mil dólares, 32 mil euros e valores menores em liras turcas, dólares de Hong Kong, yuan chinês e rúpias indonesianas.

Como não havia declarado que estava saindo do Brasil transportando o dinheiro em espécie em sua bagagem, foi preso em flagrante e indiciado pelo crime de evasão de divisas, com pena de dois a seis anos de prisão.

Em depoimento à PF, comerciante contou que o dinheiro seria utilizado para compra de peças de prata em países da Ásia, como Turquia, Hong Kong, China e Tailândia. Depois, os objetos seriam revendidos em sua loja, no Centro do Rio. Ele alegou que desconhecia a necessidade de declarar a saída do dinheiro em espécie. Disse ainda que conseguiu os recursos através de empréstimo obtido na Caixa Econômica Federal.

O homem foi encaminhado ao Presídio Ary Franco, na zona norte do Rio, onde permanecerá detido à disposição da Justiça Federal.

As notas foram encontradas na bagagem do comerciante, durante fiscalização de rotina, no aparelho de raio-X. Ele tentava embarcar num voo do Rio para Istambul, na Turquia.

Leia tudo sobre: prisãocomercianteprata

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas