Tubulação se rompe e alaga avenida no Rio, um dia após acidente com adutora

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Novo incidente ocorreu na zona norte e alagou terrenos e ruas nas imediações. Ontem (30) uma criança morreu

Futura Press
Funcionários trabalham para conter vazamento em avenida da zona norte do Rio

Um dia depois do rompimento de uma adutora em Campo Grande, na zona oeste do Rio, que matou uma criança, uma tubulação de água se rompeu nesta manhã, na avenida Pastor Martin Luther King, na esquina com a avenida Vicente de Carvalho, no bairro de Vicente de Carvalho, na zona norte da cidade. A tubulação pertence à Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, a Cedae.

Governo dará casas novas para famílias afetadas por rompimento de adutora
Entenda: Rompimento de adutora mata criança e deixa feridos no Rio

No início da manhã, a avenida ficou alagada. Pedestres e motoristas ficaram ilhados. Na região, há retroescavadeiras e máquinas das obras da Transcarioca – avenida que fará a ligação do aeroporto Tom Jobim ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca. A Cedae informou que a tubulação foi atingida por uma retroescavadeira por volta das 6h.

Veja imagens do rompimento da adutora no bairro de Campo Grande:

Rompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: Reproduçao TV GloboRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O DiaRompimento de adutora destrói casas e carros. Foto: O Dia

A Cedae informou ainda que há uma equipe no local para fazer os reparos. Mas não há previsão para a conclusão das atividades. A assessoria disse que um grande poça de água se formou no local, mas aparentemente não há danos mais graves. A Avenida Vicente de Carvalho foi interditada momentaneamente e o tráfego da região está sendo desviado. A Avenida Pastor Martin Luther King é uma das principais referências da zona norte do Rio.

Ontem (30) o rompimento de uma adutora, também da Cedae, em Campo Grande provocou a morte de Isabella Severo dos Santos, de 3 anos. A criança será enterrada hoje. Dados da Defesa Civil do Rio estimam que mais de 140 pessoas tiveram suas casas atingidas pelo acidente.

*com Agência Estado e Agência Brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas