Em dia cheio, pontífice encontrou autoridades religiosas, almoçou com cardeais brasileiros e participa de vigília

Em seu 6º e penúltimo dia de visita ao Brasil, neste sábado (27), o papa Francisco encontrou com autoridades religiosas e políticas para celebrar a Santa Missa, na Catedral de São Sebastião, centro do Rio de Janeiro. Durante o encontro, o pontífice deu um puxão de orelha nos líderes da Igreja Católica, pedindo para que eles deixem as dependências da igreja e não temam o ato missionário.

Em seguida, o papa teve um almoço no refeitório do Centro de Estudos do Sumaré com cardeais brasileiros, representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a comitiva que o acompanha.

Seu último compromisso foi Vigília de Oração no palco central na Praia de Copacabana, onde se reuniram mais de 3 milhões de peregrinos , de acordo com estimativa dos organizadores da JMJ.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.