Entre os milhares de fiéis que se emocionaram com a presença do papa Francisco no centro do Rio de Janeiro está uma jovem que levou tiro e se recuperou

O passeio em carro aberto do papa Francisco pelo centro do Rio de Janeiro emocionou milhares de fiéis do mundo inteiro, que correram e se espremeram para ver o pontífice o mais próximo possível nesta segunda-feira (22). “Las personas de el mundo inteiro se reunirán en Rio de Janeiro” era um grito universal, que ecoava nas ruas da capital fluminense. Veja no vídeo abaixo:

(Videoreportagem: Elcio Braga)

Saiba tudo sobre a Jornada Mundial da Juventude
No 1º dia, papa quebra protocolo, fica preso no trânsito e fala em português

Entre os fiéis reunidos, estava Giselle Ovídia, que foi assistir a passagem do papa para agradecer pela sua saúde. A jovem de 24 anos foi baleada na barriga, durante uma festa na Ilha do Governador, em novembro de 2012, e seu estado era muito grave. “Eu levei um tiro no tórax, quase no peito. Os médicos não acreditavam na minha recuperação. Sou fruto de um milagre e vim aqui para agradecer”, contou Giselle.

Havia também muitos representantes de países como Argentina, Chile, Peru e Bolívia, que entoavam gritos de guerra, buscando uma pronúncia mais perto do português. Um grupo de argentinos improvisou um funk: “É muita emoção. Hoje é um dia de alegria e de receber benção. A juventude unida fará a diferença nessa Jornada”, disse Charly Juan. O grupo aproveitou a passagem no papa para conhecer pontos turísticos do centro da cidade. “O clima é de paz. A cidade está linda, com tantos jovens nas ruas”, comentou.

Leia também: 

'Padre da nossa paróquia sonhou que o papa iria beijar o Miguel', diz mãe

Dilma recebe papa e diz que juventude brasileira clama por direitos sociais

'Cristo bota fé nos jovens', diz papa em português ao chegar no Brasil

Ver o papa de perto não é uma tarefa tão fácil. Mas, para os fiéis, todo sacrifício vale à pena. “Chegamos ontem. Viajamos horas de ônibus. Mas estou contente em estar no Brasil, feliz com essa acolhida dos brasileiros”, afirmou o argentino Carlos Defilippi, que mora na cidade de Córdoba. Duzentos jovens vieram com Carlos.

O sertão da Paraíba também marcou presença durante a passagem do pontífice. Anastácio Júnior e Liliana Henriques estavam ansiosos para ver o novo papa, já que participaram da JMJ que aconteceu em Madri, em 2011, onde viram de perto o Bento 16. “Nossa expectativa é a melhor possível. A emoção está a mil. Esse papa tem muito carisma. Vai renovar nossa igreja”, afirmou Liliana.

Muitos peregrinos, como Lucas Almeida, valorizam o fato de a igreja estar mais conectada com o mundo moderno. O fiel acredita que as redes sociais têm feito um papel importante de juntar os jovens. “O Papa Francisco é muito carismático e valoriza a juventude, faz questão de estar perto dela. Francisco tem até Twitter”, disse Lucas, morador de Mesquita.

Benção
A jovem Maria Eduarda, de 9 anos, conseguiu receber uma benção do papa Francisco, enquanto o papamóvel se dirigia ao Palácio Guanabara. “Estou muito emocionada. Nem acredito que ele tocou em mim. Recebi uma benção para a vida toda”, revelou a jovem. Sua mãe, Naiara Moraes, tentou ver o papa de perto durante a passagem pela Catedral, mas não conseguiu.

“Quando eu vi que não ia conseguir chegar perto, resolvi vir para a esquina que ele ia passar. Corremos muito para chegar até aqui. Foi muita sorte e vontade de Deus. Estou muito feliz pela minha filha”, disse Naiara, moradora do Rio.

O papa Francisco iniciou seu trajeto com o papamóvel saindo da Catedral, de onde seguiu em direção ao Theatro Municipal. Depois, foi em carro fechado até o 3º COMAR, que fica ao lado do Aeroporto Santos Dummont, onde embarcou de helicóptero até o Palácio Guanabara, que fica em Laranjeiras, Zona Sul do Rio. A solenidade oficial de boas-vindas teve a presença da presidente da República, Dilma Rousseff , do governador do Estado, Sérgio Cabral, e outras autoridades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.