Jornalistas de grupo independente são presos no Rio de Janeiro durante protesto

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Membros do grupo Mídia Ninja, que transmitem as manifestações pela internet, foram detidos no Rio

Agência Estado

Dois jornalistas do grupo Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação) que acompanhavam aos protestos em frente ao Palácio Guanabara, no Rio, foram detidos. Um deles estava em frente à 9.ª Delegacia de Polícia (Catete), apurando por que motivo o colega foi detido, quando foi abordado por um tenente. Ele disse que o jornalista era suspeito de incitar as manifestações e queria levá-lo para averiguações.

A confusão: Manifestantes são presos após confronto em frente ao Palácio Guanabara
Leia também: Saiba mais sobre a Jornada Mundial da Juventude
No 1º dia, papa quebra protocolo, fica preso no trânsito e fala em português

AP
Mascarados próximo ao Palácio Guanabara, nesta segunda-feira, no Rio

Uma advogada interveio e o tenente chegou a dizer que o repórter não estava detido e que poderia sair da delegacia se quisesse. Logo em seguida, o policial recebeu uma ligação e anunciou a prisão do repórter. "O major Nunes mandou levar ele", afirmou. A detenção foi transmitida ao vivo. O telefone usado na transmissão foi apreendido. Em seguida, o policial anunciou: "Quem passar mensagem pelo celular será preso".

Tiro

O estudante de medicina Fellipe Camisão, de 24 anos, disse que atendeu um manifestante baleado na perna direita. "Ele estava com a namorada e foi baleado na perna. Não foi bala de borracha. Foi projétil de arma de fogo. Ele estava com hemorragia e estancamos o sangue. Nós estávamos correndo e depois que passamos pelo carro da polícia, ele percebeu que estava sangrando", disse Camisão. O ferido é farmacêutico e foi colocado em um táxi para buscar atendimento. A informação foi confirmada por um advogado do Grupo Habeas Corpus, da OAB, que tem acompanhado as manifestações.

Veja imagens do primeiro dia de visita do papa:

Papa toca criança durante passeio pelas ruas do Rio de Janeiro. Foto: Associated PressMultidão cerca carro do papa Francisco no Rio. Foto: Associated PressPapa Francisco faz seu primeiro discurso no Brasil, no Palácio Guanabara, neste sagunda-feira (22). Foto: APPapa Francisco recebe camisa do Fluminense. Foto: Flickr/FluminensePapa se desloca em carro fechado pelas ruas do Rio. Foto: Divulgação/Prefeitura do RioMultidão circula papamóvel durante passeio do papa Francisco pelas ruas do Rio. Foto: UESLEI MARCELINO/REUTERS/NewscomPapa Francisco abençoa criança no Rio de Janeiro. Foto: UESLEI MARCELINO/REUTERS/NewscomApesar da comoção, Rio teve protesto contra os gastos gerados pela visita do papa. Foto: APA polícia optou por usar bala de borracha contra os manifestantes. Foto: PILAR OLIVARES/REUTERS/NewscomParticipantes do ato responderam com coquetel molotov, que atingiu um PM. Foto: APO protesto terminou com a prisão de duas pessoas. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomAs manifestações, no entanto, aconteceram depois da passagem do papa. Foto: UESLEI MARCELINO/REUTERS/NewscomPapa francisco passeia em papamóvel pelas ruas do Rio de Janeiro. Foto: Associated PressPapa Francisco beija criança no Rio de Janeiro. Foto: STRINGER/REUTERS/NewscomPapa Francisco passeia pelas ruas do Rio em papa móvel aberto. Foto: STEFANO RELLANDINI/REUTERS/NewscomPapa Francisco percorre ruas do Rio de Janeiro em papamóvel aberto. Foto: STEFANO RELLANDINI/REUTERS/NewscomPapa Francisco percorre ruas do Rio de Janeiro em papamóvel aberto. Foto: STEFANO RELLANDINI/REUTERS/NewscomPapa percorre as ruas do Rio com papamóvel aberto. Foto: Associated PressPapa percorre as ruas do Rio com papamóvel aberto. Foto: Associated PressMultidão espera a chegada do papa Francisco nas ruas do Rio. Foto: Dhavid Normando/FuturapressPapa segue pelas ruas do Rio de Janeiro em papamóvel aberto. Foto: Associated PressRio de Janeiro espera a passagem do papa Francisco. Foto: Nina Ramos/iG RioRio de Janeiro espera a passagem do papa Francisco. Foto: Nina Ramos/iG RioRio de Janeiro espera a passagem do papa Francisco. Foto: Nina Ramos/iG RioRio de Janeiro espera a passagem do papa Francisco. Foto: Nina Ramos/iG RioMultidão espera a chegada do papa Francisco nas ruas do Rio. Foto: Dhavid Normando/FuturapressMultidão espera a chegada do papa Francisco nas ruas do Rio. Foto: Dhavid Normando/Futura PressA presidente Dilma Rousseff recebe o papa Francisco, que chega ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude . Foto: Associated PressA presidente Dilma Rousseff recebe o papa Francisco, que chega ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude . Foto: Associated PressA presidente Dilma Rousseff recebe o papa Francisco, que chega ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude . Foto: Associated PressPapa Francisco chega ao Rio de Janeiro. Foto: Vivian FernandezPapa Francisco chega ao Rio de Janeiro. Foto: Vivian FernandezPapa Francisco chega ao Rio de Janeiro. Foto: Vivian FernandezA presidente Dilma Rousseff recebe o papa Francisco, que chega ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude . Foto: Associated PressPúblico recebe papa Francisco na base aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Foto: Associated PressPapa Francisco desembarca no Rio de Janeiro. Foto: Associated PressPapa Francisco desembarca no Rio de Janeiro. Foto: Associated PressPapa Francisco chega ao Rio de Janeiro. Foto: Vivian FernandezAvião que transporta o papa Francisco pousa na base aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Foto: Associated PressPapa recebe bandeira do Brasil dentro do avião em qual veio de Roma. Foto: Associated PressPapa Francisco é recebido por comissários durante embarque rumo ao Rio de Janeiro. Foto: ReutersPapa Francisco embarca nesta segunda-feira (22) no aeroporto internacional de Roma rumo ao Rio de Janeiro. Foto: AP


Leia tudo sobre: papapapa franciscojmjjmj 2013jornada mundial da juventude

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas