Líder da Igreja Católica se esforçou para passar uma mensagem que usasse referências culturais brasileiras

Em português, o papa Francisco “pediu licença” para entrar no “imenso coração brasileiro” em seu primeiro pronunciamento no País, onde desembarcou nesta segunda-feira (22) para participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. O pontífice falou aos jovens e se esforçou para passar uma mensagem que usasse referências culturais brasileiras.

Saiba tudo sobre a Jornada Mundial da Juventude

"O motivo principal da minha presença no Brasil, como é sabido, transcende as suas fronteiras. Vim para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Vim para encontrar os jovens que vieram de todo o mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor. Eles querem agasalhar-se no seu abraço para, junto de seu coração, ouvir de novo o Seu potente e claro chamado: 'Ide e fazei discípulos entre todas as nações'", afirmou antes de complementar. "Cristo bota fé nos jovens".

Artefato é encontrado no santuário de Aparecida

'Padre da nossa paróquia sonhou que o papa iria beijar o Miguel', diz mãe

O discurso aconteceu no Palácio da Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro, na presença da presidente Dilma Rousseff, do governador Sérgio Cabral e do prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, entre outras autoridades.

“Quisemos que a primeira viagem internacional me consentisse o direito de voltar à América Latina, mais precisamente ao Brasil, dos profundos sentimentos de fé e amizade. Aprendi que, para ter acesso ao povo, preciso ingressar pela porta de seu imenso coração. Permitam-me que eu possa bater delicadamente a esta porta. Peço licença para entrar e transcorrer esta semena. (...) Os braços do papa se alargam para abraçar a imensa nação brasileiro, desde o Amazonas até os Pampas. Ninguém se sinta excluído do afeto do papa”, afirmou.

Leia também:
Hospital de campanha é montado para atender peregrinos
Papa Francisco chega ao Rio de Janeiro para JMJ 2013

Ele agradeceu ainda a própria presidente Dilma antes de afirmar que não traz riquezas. "Não tenho ouro, nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo. Venho em seu nome para alimentar a chama de amor fraterno que arde em cada coração, desejo que chegue a todos e a cada um que a paz de cristo esteja com vocês. Saúdo a senhora presidenta. Obrigado pelo seu generoso acolhimento e por suas palavras que externaram alegria dos brasileiros pela minha presença", acresentou.

*Com informações da Agência Estado



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.