A média para os dias do evento será de 70 mil passageiros, cerca de 70% maior que em dias normais

Agência Estado

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) deve gerar um fluxo recorde de passageiros nos dois aeroportos do Rio no dia 29 de julho, após o encerramento do evento. A estimativa da Infraero é de que cerca de 100 mil pessoas circulem nos aeroportos Santos Dumont e Galeão, no Rio de Janeiro, nessa data.

Leia também:  Espanhóis esperam que Jornada no Brasil seja mais acolhedora do que a de Madri

Aeroporto Santos Dumont
Carlos Moraes / Agência O Dia
Aeroporto Santos Dumont

De acordo com Gustavo do Vale, presidente da Infraero a movimentação será recorde pois abrange tanto os peregrinos que retornam para seus países de origem quanto os passageiros cariocas que aproveitaram os feriados decretados no período.

"Não será surpresa se alcançarmos a marca dos 100 mil na segunda-feira após o evento. Será algo inédito, mas os aeroportos estão preparados", garantiu.

Mais:  Para Paes, papa Francisco não deveria ser alvo de protestos no Rio

A média para os dias do evento será de 70 mil passageiros - um movimento cerca de 70% maior que em dias normais. O volume é superior ao registrado nos aeroportos no dia seguinte à final da Copa das Confederações. Na ocasião, o pico de movimentação atingiu 48 mil passageiros no Galeão e 32 mil no Santos Dumont.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.