Polícia Rodoviária inicia fiscalização nas rodovias para Jornada da Juventude

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Na ação da PRF, ônibus terão adesivos de identificação colocados em postos montados nas rodovias

Agência Brasil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começou nesta segunda-feira (15) uma fiscalização nas rodovias que dão acesso ao município do Rio, por onde passarão os ônibus que vão transportar os peregrinos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). De acordo com a PRF, o objetivo da ação é prevenir acidentes, verificar as condições de segurança dos ônibus e estimular o uso do cinto de segurança.

A PRF informou que todos os estados farão operações em suas rodovias para impedir a entrada de ônibus irregulares. No Rio, quatro trechos são considerados perigosos pela PFR. Eles ficam na altura da Serra das Araras, Casimiro de Abreu, na baixada litorânea, Barra do Piraí, no sul fluminense, e Três Rios, na região serrana. A estimativa da polícia é que 20 mil ônibus cheguem ao Rio para a JMJ, e que pelo menos metade deles fiquem na cidade.

“Essa ação, que chamamos de pré-jornada, vai começar com trabalho de fiscalização e suporte aos peregrinos que começam a chegar no Rio de Janeiro. Se eventualmente tivermos problemas de segurança, o veículo será apreendido e haverá um remanejamento dos passageiros para outro ônibus, ou então, eles serão encaminhados para a rodoviária mais próxima a fim de tomarem outro ônibus", explicou Marcos Moura, chefe do setor de acidentes da PRF.

Segundo dados da PRF, de 2011 até esse ano foram registrados mais de 4.500 acidentes envolvendo ônibus nas rodovias do estado.

“A segurança do veículo é prioridade em relação aos pneus, equipamentos e documentação. E em segundo lugar, a questão fundamental: o uso do cinto de segurança pelos passageiros. Infelizmente, a maioria dos passageiros de ônibus não está usando o cinto de segurança”, afirmou Moura.

Na ação da PRF, motoristas serão orientados sobre o credenciamento obrigatório para JMJ, que será feito nas rodovias. Em postos montados na estrada, voluntários vão colocar adesivos de identificação nos ônibus.

Os pontos de fiscalizações nas estradas vão servir também como postos de distribuição de um guia de segurança pública: o panfleto bilíngue (português/inglês). O folheto foi elaborado pela Secretaria Estadual de Segurança (Seseg) em conjunto com as forças policiais. No guia consta o telefone de todas as delegacias do Rio, além de telefones de emergência e de hospitais públicos.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas