No Rio, cerca de 30 são detidos em Bangu

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Sábado foi marcado por série de pequenos protestos na cidade. Grupo fez manifestação na frente da sede do governo estadual

Agência Estado

Pelo menos 30 pessoas foram detidas neste sábado em Bangu, na zona oeste do Rio, sob acusação de praticar saques em lojas do bairro no fim de uma manifestação que reuniu cerca de 500 pessoas. Segundo a Polícia Militar, foram apreendidos paus, pedras e coquetéis molotov com o grupo, que incluía 16 adolescentes. Houve tumulto e correria. De acordo com a PM, alguns manifestantes tentaram fechar ruas do bairro com barricadas de fogo.

No início da noite de sábado, houve também protesto em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo estadual, em Laranjeiras, na zona sul, que está isolado por grades, com cerca de 50 pessoas. A Rua Pinheiro Machado, onde fica o palácio, foi interditada. O ato "Passeata pacífica pelos direitos do cidadão" foi convocado pela internet para o fim da tarde no Largo do Machado, que fica perto do Guanabara, e 2.424 tinham confirmado participação.

Outra manifestação contra o preço da passagem em Guaratiba, na zona oeste, chegou a interditar a Avenida das Américas no fim da tarde. O serviço do BRT Transoeste (corredor expresso de ônibus) foi interrompido no sentido Santa Cruz - Alvorada. Também houve uma manifestação pacífica em Icaraí, bairro de classe média alta de Niterói, no Grande Rio.

À tarde, um foi preso ao tentar furar o bloqueio feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio) para isolar a área onde estão os integrantes do movimento Ocupe Delfim Moreira, na esquina da avenida Delfim Moreira com a rua Aristides Espínola, no Leblon, zona sul do Rio, bem perto de onde mora o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB).

Segundo a Polícia Civil, o motorista se recusou a fazer o exame de consumo de álcool. Um operador de tráfego da CET-Rio disse ter sido insultado com ofensas racistas e registrou queixa na 14ª DP (Leblon). O motorista, identificado apenas como André Luiz, de 22 anos, foi autuado por embriaguez ao volante e injúria por preconceito. Ele pagou fiança e responderá ao processo em liberdade.

No início da tarde de ontem, 975 apoiavam o movimento Ocupe Delfim Moreira no Facebook. Durante o jogo Brasil e Itália pela Copa das Confederações, cerca de 100 pessoas protestavam no local.

Leia tudo sobre: rio de janeiroprotestosmanifestaçõesrj

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas