Aeroporto Santos Dumont reabre só para decolagens, após 68 voos cancelados

Por iG Rio de Janeiro |

compartilhe

Tamanho do texto

Chuva forte no Rio de Janeiro é o motivo. Problema apresenta reflexos em São Paulo

Ale Silva/Futura Press
Movimentação intensa de passageiros no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro

O Aeroporto Santos Dumont, do Rio, reabriu apenas para decolagens, por instrumentos, às 15h54 desta sexta-feira, após passar quase o dia todo fechado para decolagens e pousos.

O motivo do problema são as fortes chuvas que caem sobre a cidade desde a noite desta quinta-feira (16). Os avisos em painéis luminosos no Santos Dumont informavam que o motivo de cancelamentos e atrasos era "meteorológico". 

Até as 16h30, haviam sido cancelados 68 voos previstos para sair do aeroporto, além de 44 atrasos. As chegadas ao Rio também foram impactadas pelo mau tempo. Ocorreram 48 cancelamentos e 28 atrasos no dia.

O Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão) recebeu muitos dos voos inicialmente destinados ao Santos Dumont ao longo do dia e operou por instrumentos devido ao mau tempo. Entretanto, como é mais equipado e tem pistas maiores, a chuva não teve o mesmo reflexo: houve apenas quatro cancelamentos e 26 atrasos nesta sexta.

O problema no aeroporto carioca, que opera apenas voos domésticos, impactou ainda os de São Paulo, provocando atraos e cancelamentos, por conta da relevância da ponte-aérea entre as duas maiores cidades do País.

Leia tudo sobre: Santos Dumontaeroportochuvas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas