Ciclista morre após ser atropelado por ônibus em Ipanema, no Rio

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

O dentista Pedro Nikolay teve fraturas múltiplas e o pulmão perfurado. O motorista do ônibus deixou o local sem prestar socorro

Agência Estado

O dentista Pedro Nikolay, de 31 anos, morreu após ser atropelado por um ônibus por volta das 6 horas desta terça-feira (30), em Ipanema, na zona sul do Rio. A vítima, que era triatleta, andava de bicicleta com outros 20 ciclistas na esquina da Avenida Vieira Souto com a Rua Henrique Dumont, quando foi atingido por um ônibus da linha Vila Isabel-Leblon, da Viação Vila Isabel.

O rapaz chegou a ser levado por bombeiros ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, mas não resistiu. Ele teve fraturas múltiplas e o pulmão perfurado. Testemunhas disseram que, após o acidente, o motorista do ônibus deixou o local sem prestar socorro. A Secretaria Municipal de Transportes informou que notificou o consórcio Intersul, ao qual pertence a Viação Vila Isabel, para que identifique imediatamente o ônibus e o motorista envolvidos no atropelamento. A Secretaria também determinou que o veículo seja acautelado na garagem da empresa, a fim de facilitar a perícia da Polícia Civil.

No dia 1º de abril, a diretora de televisão Gisela Matta, de 36 anos, também morreu no hospital após ser atropelada por um ônibus no Rio. Ela passeava de bicicleta na noite do dia anterior, quando foi atingida por um coletivo da Transportes Futuro na esquina das avenidas General San Martin e Bartolomeu Mitre, no Leblon, zona sul.

Leia tudo sobre: rio de janeiroatropelamento

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas