Morte de menina de três meses em Padre Miguel gerou comoção. Relatos de testemunhas indicam que motorista estaria alcoolizado na hora do atropelamento

Agência Estado

Será enterrado hoje o corpo da menina Kawany Vitoria Agostinho de Souza, de 3 meses, atropelada na tarde desta quarta-feira, 17, por um carro em Padre Miguel, na zona oeste do Rio. O sepultamento está marcado para o fim da tarde no cemitério do Murundu, em Realengo. A mãe do bebê, Jéssica Agostinho, estava com ele quando houve o acidente e não ficou ferida.

Relatos de testemunhas indicam que o motorista estaria alcoolizado. O carrinho de bebê foi imprensado contra um poste. O motorista sofreu traumatismo craniano e teria sido agredido após o atropelamento, antes de ser levado por policiais a um hospital. O carro foi incendiado por moradores do local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.