Traficante DG, resgatado em delegacia, é morto em tiroteio com o Bope, afirma PM

Por Raphael Gomide iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Chefe do tráfico em Manguinhos tinha fugido com ajuda de criminosos armados após ser preso, em julho de 2012. Polícia opera no Complexo da Maré, em processo de pacificação

Severino Silva / Agência O Dia
DG, preso e resgatado em delegacia, é morto pelo Bope

A Polícia Militar do Rio afirmou, em nota, que o traficante Diego de Souza Feitosa, o DG, 28 anos, foi morto, em troca de tiros com policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), nas favelas Nova Holanda e Parque União, no Complexo da Maré. A região está em processo de pacificação, iniciado no fim de fevereiro. O Bope opera na área desde o início da manhã deste sábado.

Chefe do tráfico de drogas local, DG ficou conhecido principalmente após ter sido resgatado de uma delegacia, por criminosos fortemente armados de seu bando, após ser preso, em julho de 2012.

De acordo com a PM, traficantes comparsas de DG pararam uma van e orientaram o motorista a levar o corpo até a porta do Instituto Médico Legal (IML). No caminho, o condutor parou a van e abordou uma viatura do 4º Batalhão (São Cristóvão). O grupo seguiu, então, com o corpo, para a Divisão de Homicídios, da Polícia Civil.

Divulgação
Cartaz de procurado do traficante DG

DG tinha sido preso em 2 de julho por policiais do 22º Batalhão (Maré), após sofrer acidente de moto na Rua Leopoldo Bulhões, importante via da zona norte. Ele tinha ferimentos leves.

Horas após a prisão, um grupo de traficantes do Complexo de Manguinhos invadiu a 25ª Delegacia de polícia (Engenho Novo) e usou dois carros para resgatá-lo. Desde então, o criminoso estava foragido. O corpo de DG foi identificado pela Divisão de Homicídios da Capital. 

Um outro homem morreu, baleado pelo Bope, e mais um foi ferido, ambos suspeitos de tráfico. Segundo a PM, foi apreendida com o morto uma pistola calibre 9mm. O terceiro homem foi ferido e deixado por uma outra kombi na entrada do Hospital Geral de Bonsucesso, onde foi preso.

Leia tudo sobre: DGtraficantemortoManguinhosComplexo da MaréBopePMvan

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas