Elite da PM faz exercício no Corcovado contra sequestros em grandes eventos

Por Raphael Gomide iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Objetivo é preparar Bope, Grupamento Aeromóvel e Batalhão de Cães para situações de tomada de reféns em pontos turísticos

Alexandre Vieira/O Dia
Policiais do Bope descem em rapel de helicóptero do GAM, em treinamento no Corcovado

O Bope, o Batalhão de Ações com Cães (BAC) e o Grupamento Aeromóvel (GAM) participaram na manhã deste sábado, no Rio, de uma ambientação operacional e treinamento de situação de crise no Corcovado, um dos mais visitados e conhecidos pontos turísticos e cartões postais da cidade. Todas as unidades integram o COE (Comando de Operações Especiais) da PM do Rio.

Leia mais: ‘Medida Certa’ do Bope leva 13 'caveiras’ para emagrecer em spa da PM

Divulgação
Grupo de Resgate e Retomada do Bope, em treinamento no Cristo Redentor

O exercício teve o objetivo de treinar as unidades de elite da PM para os grandes eventos previstos para o Rio, como a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), evento católico em julho, a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, em 2016.

A ação faz parte de treinamento que prioriza a preparação contra crises com tomada de reféns em pontos turísticos, por criminosos comuns ou terroristas.

Leia ainda: Faro de cães da PM multiplica por 20 as apreensões de drogas e armas no Rio

O Brasil não tem tradição de ações terroristas, mas os Jogos Olímpicos e outros grandes eventos sim, porque atraem a atenção do mundo para as cidades que os abrigam e podem servir para esses grupos como “propaganda” para sua causa.

Houve episódios do gênero em Munique-1972, quando terroristas palestinos invadiram o prédio da delegação istaelense. Na ação, um técnico e um atleta foram assassinados, após reagirem.

Leia também: Conheça o Centro de Operações Especiais, futura casa do Bope

Reprodução
Terristas palestinos invadem prédio da delegação israelense e tomam reféns, nos Jogos de Munique-1972

Uma fracassada tentativa de resgate de nove reféns terminou com todos mortos a tiros pelos sequestradores. Em Atlanta-96, uma bomba explodiu no Centennial Park, matando duas pessoas e ferindo 111.  

Leia ainda: Supercâmeras inovam patrulhamento aéreo da PM, de olho em grandes eventos

O treinamento desta manhã envolveu 70 PMs do Bope, do BAC e do GAM, 12 viaturas e um helicóptero.

Segundo a assessoria de imprensa do Bope, o treinamento envolveu o acionamento do Grupo de Resgate e Retomada (GRR), desembarque de policiais pelas aeronaves, socorro de vítimas, retomada do trem do Corcovado, demonstração de equipamentos, posicionamento de atiradores de precisão e utilização dos cães de neutralização da raça pastor holandês.

Divulgação Bope-RJ
PMs do Bope e pastor holandês do Batalhão de Cães no Corcovado


Leia tudo sobre: Bopegrandes eventosCorcovadoPMCOE

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas