Mulheres são expulsas de bar no Rio de Janeiro após se beijarem

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo jovens de 24 e 21 anos, após se beijarem, um funcionário do estabelecimento se aproximou e ordenou que ela saíssem do bar por se comportarem de forma "proibida"

Agência Estado

Agência Estado

As estudantes Mariana Correia, de 24 anos, e Carolina Pavão, de 21, afirmam que foram expulsas de um bar na Lapa, no centro do Rio, após se beijarem na boca. O fato ocorreu no último sábado (12), segundo elas. Na quarta-feira (16), elas foram até a 5ª Delegacia de Polícia (Mem de Sá) para fazer um boletim de ocorrência e tiveram que esperar quatro horas.

Leia também: "Beijaço gay" em Porto Alegre pede punição à homofobia

Conforme a dupla, funcionários da delegacia tentaram convencê-las a desistir do registro e tentar resolver o caso por conta própria. Apesar da demora, as moças registraram a ocorrência, e o caso agora será investigado pela Polícia Civil.

De acordo com as vítimas, elas pediram uma cerveja e começaram a se beijar. Um homem de cabelos brancos, supostamente funcionário do bar, se aproximou e ordenou que saíssem do bar, já que estavam se comportando de forma "proibida". Diante do constrangimento, elas deixaram o local.

O estabelecimento pode ser responsabilizado por descumprir a Lei Municipal 2.475/96, que proíbe discriminação ligada à identidade de gênero ou orientação sexual.

Leia tudo sobre: homofobiabeijo gayrio de janeiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas