Prefeitura reforçou serviço de limpeza urbana depois que as chuvas provocaram alagamentos e inundações na cidade

Agência Brasil

Táxi fica quase encoberto pela água da chuva na rua do Matoso, na Praça da Bandeira
Ernesto Carriço / Ag. O Dia
Táxi fica quase encoberto pela água da chuva na rua do Matoso, na Praça da Bandeira

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) informou que cerca de 20 toneladas de lixo e lama depositados nas ruas durante temporal na terça-feira (15) foram recolhidos por garis.

Sistema de prevenção: Só 10% dos moradores atendem a sirenes de evacuação

Defesa Civil interdita sete casas e asfalto cede em avenida após forte chuva

A prefeitura reforçou o serviço de limpeza, depois que as chuvas provocaram alagamentos e inundações em vários pontos da cidade. Os bairros mais atingidos, Tijuca e Maracanã, na zona Norte, e a região central do Rio recebem maior atenção na remoção de resíduos.

De acordo com o coordenador técnico de serviços da Comlurb, Henrique Damásio, a empresa acionou todo seu efetivo para limpar a cidade da sujeira deixada pela chuva.

"Fizemos um trabalho forte para poder limpar a cidade após o temporal. Neste momento estamos atuando com todo nosso pessoal, e a cidade está muito mais acessível," disse Damásio.

Veja imagens da chuva no Rio:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.