Radialista é morto a tiros na porta do trabalho em São João da Barra

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

Renato Machado era sócio da Rádio Barra FM e foi atacado quando saía da emissora. Autores do disparo estavam em uma moto e conseguiram fugir

O radialista e sócio da Rádio Barra FM, Renato Machado, morreu após ser baleado na porta da emissora, na noite desta terça-feira (8), no centro de São João da Barra, no rorte Fluminense, a 334 km do Rio. Ele foi atingido por quatro tiros quando chegava em casa, em um prédio ao lado da emissora. Os dois ocupantes de uma moto, apontados como autores dos disparos, fugiram.

Rio: Médico que faltou a plantão em que menina morreu é indiciado pela polícia

Após o atentado, Machado foi socorrido no Centro de Emergência de São João da Barra. Ele chegou a ser transferido para o Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes, município vizinho, mas não resistiu e morreu no início da madrugada.

Pelo menos dois tiros atingiram a região do tórax do radialista. A ocorrência foi registrada na 145ª DP, de São João da Barra, que irá investigar o caso.

Leia tudo sobre: são joão da barraradialistabaleado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas