Em Angra dos Reis, oito casas desabaram e, em Duque de Caxias, uma pessoa morreu por conta das fortes chuvas no estado

O Dia

A Defesa Civil do Estado do Rio, por meio do Centro de Estadual de Administração de Desastres (CEstAD), divulgou às 16h um balanço dos estragos causados pela chuva na Região Serrana, Costa Verde e Baixada Fluminense desde a noite desta quarta-feira. A morte de uma pessoa foi confirmada em Xerém, em Duque de Caxias. Há também mais 1272 desalojados e 2 mil evacuados.

Leia também:  Chuva forte causa deslizamentos e deixa um morto na Baixada Fluminense

Bombeiros e agentes da Defesa Civil auxiliam as vítimas da chuva nestas regiões. De acordo com o órgão, rios transbordaram em Duque de Caxias, Petrópolis e Xerém. Na Região Serrana, as comunidades atenderam ao sistema de alerta montado pela Defesa Civil e deixaram suas casas. Já em Mambucaba, sul do Estado, houve deslizamentos. 

Angra dos Reis

8 casas foram destruídas

172 pessoas ficaram desalojados

2 mil foram evacuadas

Foram enviados colchonetes e cobertores

3 feridos

Mangaratiba

Rolamento de pedras na BR-101 e na Estrada Junqueira

Em Constância – desabamento de muro, com destruição de uma casa.

Evacuação de Conceição de Jacareí

Deslizamento em Fazenda Ingaíba

Alagamento em Muriqui

Sem vítimas

Duque de Caxias

Transbordamento do Rio Saracuruna, Inhomirim e Capivari

Xerém

Uma morte confirmado (homem adulto)

Mil pessoas desalojadas

Foram enviados colchonetes e cobertores

Petrópolis

Transbordamento dos rios Bingen e Piabanha

Escorregamento em bairros como Alto Independência, Siméria, São Sebastião

40 desalojados

Foram montados dois pontos de apoio e dois abrigos em Alto Independência e Siméria

Sirenes foram acionadas

Teresópolis

Transbordamento do rio Paquequer

50 desalojados das comunidades de Vale da Revolta, Perpétuo, Rosário, Caxangá e Pimentel

Sirenes acionadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.