Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em roubo de cargas

Segundo a polícia, entre os presos está dono da rede de lanchonetes Ravis, que tem cerca de 30 lojas na Baixada Fluminense e em bairros da Zona Norte do Rio

O Dia |

Ao menos sete pessoas foram presas nesta terça-feira, na operação Colmeia, realizada pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), da Polícia Civil do Rio. A operação tem o objetivo de cumprir 19 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão. De acordo com a polícia, os presos fazem parte de uma quadrilha que roubava cargas de caminhões em rodovias do Rio, e ainda carros e residências.

Entre os presos, está um homem identificado como Rogério dos Santos Gonçalves. Segundo a polícia, ele era é dono da rede de lanchonetes Ravis, que tem cerca de 30 lojas na Baixada Fluminense e em bairros da Zona Norte do Rio.

De acordo com o delegado Fabio Cardoso, da DRFC, Gonçalves era um dos principais receptadores das cargas roubadas pela quadrilha e atuava ainda como atravessador. Quando a carga o interessava, ele mesmo comprava. Quando não ficava com o produto, o repassava para outros compradores. O empresário foi preso em sua casa, no Centro de Nova Iguaçu.

Os policiais também cumpriram mandado de prisão contra o dono de uma farmácia na Favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, que vendia medicamentos roubados pela quadrilha.

Quadrilha praticava em média oito roubos por semana Segundo o delegado da DRFC, as investigações para prender a quadrilha começaram há seis meses, e além dos sete integrantes presos nesta terça, outros cinco já haviam sido capturados.

A polícia informou que a quadrilha praticava em média oito roubos por semana. Eles Atuavam principalmente nas rodovias Rio-Magé, na Via Dutra e na Wasghington Luiz, além da AvenidaBrasil.

O esquema da quadrilha era extremamente especializado, segunda a polícia. Um grupo de integrantes era resposável pelo roubo, outro apenas pela escolta da carga roubado, outro grupo mantinha o motorista do caminhão em cativeiro durante o roubo, e havia ainda um especialista em desativar o rastreador eletrônico do veículo.

    Leia tudo sobre: roubo de cargas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG