Acidente com dois ônibus fere ao menos 30 pessoas na zona norte do Rio

Acidente aconteceu por volta das 20h após um forte temporal. Um dos veículos tombou e acabou destruindo parcialmente a fachada de um supermercado

O Dia |

Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas numa colisão envolvendo dois ônibus, no cruzamento das ruas Daniel Carneiro e Adolfo Bergamine, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio, na noite desta quinta-feira. Um dos coletivos atingiu dois veículos de passeio que já tinham se envolvido em outro acidente, e acabou tombando e destruindo parcialmente a fachada de um supermercado.

Crime: Policial e mulher são baleados em suposta tentativa de assalto na Barra

Leia também: Acidente com ônibus na avenida Brasil deixa mais de 20 feridos

O acidente ocorreu por volta das 20h, após o temporal que atingiu o Rio de Janeiro no fim da tarde e início da noite. O ônibus da linha 363 (Praça XV-Vila Valqueire), da Viação Transportes Estrela, seguia pela Adolfo Bergamine em direção à Cascadura, e o da linha 636 (Gardênia Azul-Saens Peña), da Viação Redentor, trafegava em direção ao Méier.

Segundo testemunhas, com a chuva os dois sinais de trânsito estavam piscando no amarelo desde o fim da tarde, apóa a chuva. Os dois motoristas passaram e colidiram violentamente. O coletivo da 636 atingiu um Peugeot 306 e uma Ipanema que estavam na calçada. Os dois carros tinham colidido no mesmo local momentos antes. os motoristas conversavam sobre o incidente. O ônibus tombou sobre a Ipanema e destruiu parte da parede e da vidraça do supermercado Guanabara assustando funcionários e consumidores. Muitos passageiros dos coletivos sairam pelas janelas de emergência.

Segundo moradores da região, o cruzamento das duas ruas é conhecido como 'Esquina da Morte', devido ao grande número de acidentes com vítimas fatais nos anos 90. Na época, uma placa com esses dizeres e a imagem de uma caveira alertava os motoristas para o perigo. No local também já chegou a ser instalado um pardal de fiscalização eletrônica. Na época, a câmera flagrou um grupo de traficantes armados em uma picape (o chamado 'bonde') atravessando o cruzamento.

As vítimas foram levadas por bombeiros para os hospitais Salgado Filho, no Méier; Getúlio Vargas, na Penha, e Souza Aguiar, no Centro. O Corpo de Bombeiros ainda não divulgou o número oficial de feridos. Também ainda não há informações sobre o estado de saúde deles.

A Rua Adolfo Bergamine, entre a Rua Pernambuco e a Avenida Amaro Cavalcanti, e a Rua Daniel Carneiro, no trecho entre as ruas Doutor Bulhões e Monsenhor Jerônimo, ficaram interditadas para o trabalho de retirada dos veículos. As vias só foram liberdas por volta das 2h30.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG