Corpo de alpinista que morreu ao escalar Pão de Açúcar será enterrado em Niterói

Enterro de Bruno Mendes, de 32 anos, será realizado no Cemitério do Maruí. Vistoria realizada hoje confirmou que o cabo que sustentava o alpinista se rompeu durante trajeto

iG São Paulo | - Atualizada às

O corpo do alpinista Bruno da Silva Mendes, de 32 anos, que morreu durante escalada no Morro do Pão de Açúcar, será sepultado às 16 horas desta segunda-feira, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Mendes morreu neste domingo após o cabo que o sustentava ter se rompido. Uma vistoria realizada no local do acidente hoje confirmou o rompimento do cabo . O sepultamento será realizado no Cemitério do Maruí, em Niterói. 

Acidente:  Cabo de alpinista que morreu ao tentar escalar Pão de Açúcar se soltou

Reprodução
Geofísico Bruno da Silva Mendes, 32 anos, que morreu durante a escalada


Segundo Delson Queiroz, presidente da Fermerj, federação que realizou a perícia no local, apesar do rompimento do cabo ainda não é possível explicar as causas do acidente. "Mesmo com o rompimento, ainda não entendemos como e o que ocasionou esta queda", disse. A perícia investiga se Bruno cometeu alguma falha no momento de amarrar os grampos de apoio, presentes em cada seis metros na pedra.

Caroline Luppi, colega de trabalho da vítima, foi até o Instituto Médico Legal (IML) prestar solidariedade aos familiares, que estão em estado de choque. "Ele fazia isso todo domingo. Não foi imprudência dele, ele estava protegido, estava com equipamento. O que aconteceu foi uma fatalidade, ele era escalador profissional, tinha experiência e prática, mas infelizmente aconteceu esse acidente que resultou na tragédia que todo mundo está lamentando pela idade que ele tinha, pela pessoa que ele era. Perdemos uma pessoa muito querida", afirmou.

A vítima caiu de uma altura de 70 metros. O resgate de Bruno durou quase uma hora, por conta do difícil acesso à localidade. Investigadores da Polícia Civil ouviram no hospital Andrea Pereira, de 40 anos, que acompanhava Mendes e foi socorrida com vida. Eles tentam descobrir o que teria provocado a queda do alpinista.

*com informações de O Dia

    Leia tudo sobre: alpinistapão de açúcarrio de janeiroalpinismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG