Dilma lamenta morte ocorrida após acidente em feira no Rio de Janeiro

Adriana Ribeiro de Jesus, de 64 anos, morreu ao ser atingida após a queda de uma estrutura metálica feira Brasil Rural Contemporâneo, neste sábado, na Marina da Glória

Agência Estado |

Agência Estado

Em nota divulgada na noite deste sábado, a presidenta Dilma Rousseff lamentou o acidente ocorrido na tarde deste sábado durante a Feira Nacional da Agricultura Familiar , realizado na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. No evento, uma pessoa morreu e três ficaram feridas depois que uma estrutura de metal caiu sobre os frequentadores.

O acidente:  Estrutura metálica desaba e mata mulher em evento na Marina da Glória, no Rio

Agência Brasil
Loca da feira Brasil Rural Contemporâneo, onde ocorreu o acidente neste sábado

Dilma determinou que seja feita rigorosa apuração das causas do acidente. De acordo com testemunhas presentes na feira, o vento forte foi a causa da queda da estrutura. A organização do evento esvaziou o local, retirando o público e expositores.

Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Dilma recebeu com tristeza a notícia do acidente, solidarizando-se com a família de Adriana Ribeiro de Jesus Porto, que não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Souza Aguiar, no Centro da capital. A presidenta deseja aos demais acidentados o mais pronto restabelecimento.

Dilma foi informada pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, das providência que estão sendo tomadas para dar apoio às vítimas e suas famílias. Mais cedo, o Ministério do Desenvolvimento Agrário também divulgou nota lamentando o acidente.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG