Professora universitária é encontrada morta em Cabo Frio

Corpo estava dentro de seu carro com a blusa rasgada e sinais de estrangulamento

O Dia * |

O corpo de uma professora universitária foi encontrado na manhã desta terça feira (6), no bairro Tangará, no município de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro. O cadáver de Josy Ramos de Oliveira Amador estava no interior de seu carro, abandonado em uma rua deserta. Sua blusa estava rasgada com os seios à mostra e sinais de estrangulamento.

No local, havia um fio elétrico, que pode ter sido usado no crime. Tão logo a notícia se espalhou na região, parentes da mulher foram até ao local. O marido desmaiou quando viu a cena da morte. O casal tem um filho, de 5 anos de idade.

Josy voltava para casa por volta das 21h após dar aula em uma universidade de Cabo Frio e informou que iria direto para casa. Amigos disseram que ela saiu sozinha, como de costume, dirigindo seu carro, e que não costumava dar caronas, nem para conhecidos.

A vítima teria feito um trajeto diferente como de costume, talvez obrigada pelo assassino. O carro estava totalmente revirado e faltou o aparelho de som, que foi levado. Josy ainda trabalhava na Prefeitura de Búzios. Em breve, Josy mudaria para Campos dos Goytacazes, onde havia passado em um concurso público para atrabalhar no fórum da cidade. Agentes da 126ª DP (Cabo Frio) estão trabalhando no caso e há várias hipóteses para o crime.

* informações do repórter Luarlindo Ernesto

    Leia tudo sobre: violênciaCabo Frioprofessora assassinada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG